Como montar a farmacinha do bebê

Quando estamos prestes a ter nosso bebê, principalmente quando somos mães de primeira viagem, ficamos preocupadas com a quantidade de detalhes que não podemos esquecer de preparar antes do bebê nascer. E um dos cuidados é termos em casa uma farmacinha para o recém-nascido!bebe-antibiotico-remedioEntão, para você não perder tempo, confira abaixo a nossa sugestão de itens para a sua farmacinha. Essas  listas foram enviadas pela Sare Drogarias Online e achamos bem bacana para compartilhar com vocês. Colocamos alguns comentários, baseados na nossa experiência, em parênteses. Seguem as listas:

1. Produtos para cuidados e higiene do bebê

  • Termômetro: opte pelos termômetros de ouvido ou testa, pois garantem maior praticidade de uso (Perfeito! No começo, os bebês choram bastante na hora de usar o termômetro tradicional).
  • Termômetro para a banheira (depois de um tempo você não irá precisar, mas no início ajuda bastante).
  • Pacotes de algodão, preferencialmente em formato bolinha (são ótimos e mais higiênicos, mas pelo custo também acabamos comprando aqueles de rolos).
  • Lenços umedecidos (não usamos muito porque preferimos usar algodão umedecido em água morna, mas muitas mães não vivem sem, principalmente para a hora de passear com o bebê).
  • Tesourinha sem pontas para cortar as unhas do bebê (adoramos! super recomendamos para as mamães que no começo ficam inseguras de cortar a unha do bebê).
  • Sabonete neutro líquido (uma dica é não comprar um monte de uma mesma marca, pois se o bebê tiver alergia, talvez possa ser o sabonete e você terá que trocá-lo).
  • Álcool 70% ou antisséptico para fazer a limpeza do coto umbilical (usa muito nas primeiras semanas).
  • Colonia sem álcool (não usamos quando o bebê era recém-nascido).
  • Caixa de cotonetes.
  • Bolsa de água quente para o caso do bebê ter cólicas (ajuda, mas tem que ter paciência e esperar essa difícil fase passar…).
  • Protetor solar infantil (apenas para bebês maiores de 6 meses).
  • Óleos vegetais ou cremes para a massagem: opte pelo óleo de calêndula ou pelo creme de lavanda, pois ambos possuem propriedades que ajudam a acalmar o bebê (é muito legal aprender a fazer shantala nos bebês).
  • Pomada preventiva contra assaduras (assim como no caso do sabonete, também é interessante comprar aos poucos, pois às vezes o bebê tem menos assaduras se usar uma determinada marca, esse é o caso dos nossos filhos).
  • Pomada para o tratamento de assaduras já manifestadas (é bom ter pelo menos uma ou duas).
  • Escova de cabelo com cerdas  macias e flexíveis (é bom ter, mas usa pouco no início, a não ser que seu bebê nasça muito cabeludo kkk).
  • Soro fisiológico utilizado para a limpeza dos olhos e nariz (e também se precisar fazer inalação quando o bebê ficar doentinho).
  • Repelentes de insetos infantil – é fundamental checar com o pediatra qual a idade mais indicada para iniciar o uso (avalie a necessidade de acordo com a sua realidade; se você mora em uma cidade mais quente ou fria, por exemplo, ou se for viajar com o bebê).
  • Pinça para retirar ferrões ou farpas (graças a Deus, nunca precisamos).





2. Remedinhos para o bebê

  • Analgésico (combate dores), antitérmico (combate febres) líquido ou em forma de gotas. O mais indicado para bebês menores de 6 meses é uso de paracetamol – leia atenciosamente a bula antes de usá-lo ou consulte seu pediatra (só reforçando, consulte o pediatra do seu filho!).
  • Rolo de ataduras de gaze.
  • Esparadrapo antialérgico ou fita microporo.
  • Tesoura com ponta para cortar a gaze.
  • Líquido bactericida (antisséptico) à base de clorexidina ou até mesmo água oxigenada utilizada para a limpeza de cortes e machucados.
  • Pomada para os dentes que atenua as dores e a coceira (nunca usamos pomada, mas demos muita Camomilina C, de acordo com a orientação da nossa pediatra).
  • Curativos adesivos específicos para machucados.
  • Seringa, colher, conta-gotas ou copinho próprio para medições, que utilizados especialmente na administração de remédios para crianças (lembre também que muitos remédios já trazem esses medidores).

É sempre com lembrar: verifique prazos de validade dos remédios e o pediatra é o mais  indicado para determinar a dosagem de medicamentos para o seu bebê. Outra dica importante para a farmacinha é guardar todos estes itens em um local bem ventilado e de fácil acesso para você.

Grande abraço e parabéns pela chegada do seu filho!

Beijos, das Mamães Práticas Mari e Fabi

Fotos: Divulgação/Sare Drogarias Online




logo_clube (1)Cadastre-se no Clube Mamãe Prática para acompanhar nossos posts e novidades!

12 ideias sobre “Como montar a farmacinha do bebê”

  1. Adorei o site, muito interessante mesmo, aprendi várias coisas que eu nunca tinha visto em nenhum outro lugar. Parabéns!
    Continuem postando esses artigos que ajudam muito a todos que querem aprender mais. Obrigado.

Deixe uma resposta