“Mãe, grita cocoricóóó!”

Esse texto (hilário!) foi enviado pela Jessica O’ Callagnan, mamãe da Isabella, de 10 anos, que tem o apelido carinhoso de “Tsunami”. A história aconteceu quando a pequena tinha apenas quatro anos.

Mãe galinha

Estávamos nós em um parquinho numa praça e a pequena nunca se contenta em se balançar, escorregar, brincar na areia, coisas normais.

Ela sempre quer inventar algo com os elementos presentes, algo novo, algo único (ela é meu orgulho hehe). Um desses elementos é claro que sou eu, sempre. Às vezes levo um livro ou uma revista para o parquinho, mas jamais li uma linha…

Ela subiu a escada do escorregador e falou assim:

– “Mamãe, vou contar até cinco e aí você grita EU TE AMOOOO e eu escorrego tá?”

Respondi que sim e lá foi ela 1, 2, 3, 4, 5. E a pessoa aqui grita Eu te amoooo e ela desce o escorregador toda feliz.

Subiu de novo, quando chegou lá em cima, disse:

– “Mamãe, agora eu vou contar até 14 (não me perguntem porque 14) e aí você bate as asas, imita uma galinha e grita cocoricó.”

Gente, fala sério, olha que menina doidinha. E detalhe: a carinha dela falando isso para mim era de satisfação, de controle da situação, adorando me ver com vergonha. Mas mesmo assim eu realizei a fantasia dela e gritei Cocoricóóóóó!!!, bem empolgada, me sentindo a mãe mais legal e participativa da face da terra.

Tive um ataque de riso com a situação, achei Isabella engraçada por pedir isso e ri de vergonha também. Aí ela disse assim:

– “Nossa mamãe, você está se divertindo bastante hoje no parquinho, né???”

Gostaram da pérola dessa semana? Se você também tem uma história para contar, algo engraçado que seu filho falou e fez, conte pra gente: redacaomamaepratica.com.br

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.