Dicas para segurança no berço do bebê

Uma das coisas mais legais de quando estamos grávidas é a hora de montar o quartinho do bebê. São muitos detalhes pra pensar e se distrair como a cor da parede, os móveis, a decoração, o enxoval e por aí vai. Mas uma coisa que geralmente damos pouca atenção é o berço e alguns detalhes para garantir a segurança do bebê enquanto estiver aconchegado nesse cantinho.

Confesso que eu mesma pensei pouco nisso na época em que estava preparando o quarto do Serginho e, somente depois que ele completou um mês de vida, fui checar se estava tudo certo para começar a colocá-lo no bercinho (antes disso ele só dormia no carrinho ao lado da minha cama).

Pesquisando o assunto, encontrei algumas orientações bem legais da Sociedade Brasileira de Pediatria, especificamente do Departamento Científico de Segurança da entidade. Olha só as recomendações:

Colchão
Deve ser de espuma (não plastificado), firme e de tamanho adequado nos quatro lados do berço. A densidade para crianças pequenas é de D18, plano, duro, não deformável e perfeitamente ajustado ao berço.

Grades
Precisam ser mantidas elevadas. Evite comprar modelo de berço que tenha grades móveis. As grades e as traves devem ser arredondadas e o espaço ideal entre as traves varia entre 4 e 6 cm, e a altura das laterais do berço (medida desde a parte de cima do colchão) deve ter pelo menos 60 centímetros.

Estrado
Deve ser feito de uma só placa de madeira e ter altura regulável. A posição mais baixa é a mais segura e precisa ser adotada assim que o bebê conseguir sentar sozinho.

Móbile
Prenda-o firme ao berço, numa altura que não possa ser alcançado e puxado pelo bebê, principalmente quando a criança começa a sentar (caso contrário, o móbile pode servir de apoio para a criança se levantar, causando acidentes).

Outras dicas práticas

  • O berço nunca deve estar perto ou embaixo da janela, mesmo que tenha grades;
  • Vire o colchão pelo menos uma vez por mês e substitua-o imediatamente se apresentar deformações;
  • Não deixe a babá eletrônica nem equipamentos com fio dentro do berço ou próximos ao bebê;
  • Não deixe nenhum objeto solto no berço (travesseiro, almofada, protetores, brinquedos de pelúcia etc.), pois podem causar risco de sufocação, asfixia e estrangulamento;
  • Se o berço tiver rodas, mantenha-as travadas o tempo todo.

Como colocar o bebê para dormir

  • Coloque o bebê para dormir de barriga para cima;
  • Assegure-se que a cabeça do bebê esteja descoberta o tempo todo;
  • É perigoso cobrir o bebê. Se necessário, use uma coberta na altura do peito para baixo e presa firmemente nas laterais e pé do berço. Pijamas inteiros com pezinhos ou saquinhos de dormir são as alternativas mais seguras.

Se você tem um bebezinho ou está se preparando para a chegada dele, espero que essas dicas possam te ajudar.

Um beijo, da Mamãe Prática Fabi

Leia também:  Berços infantis – nova regulamentação do Inmetro

Fonte: www.cnversandocomopediatra.com.br

Foto: Pinterest

Nota da Mamãe Prática Fabi: Atualmente, as sociedades médicas e organizações mundiais de saúde recomendam que o bebê seja colocado para dormir sempre de barriga para cima (nunca de lado ou de bruços). No meu caso, como o Serginho regurgitava muito, a pediatra recomendou que ele fosse colocado de lado, variando o lado esquerdo e o direito a cada noite. Já a Manu, filha da Mamãe Prática Mari, sempre dormiu de barriga para cima. Portanto, é sempre bom conversar com o seu pediatra. Outra dica é ler esse post sobre a nova regulamentação do Inmetro sobre berços infantis.

clubeCadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

 

3 comentários em “Dicas para segurança no berço do bebê”

    1. Olá! É uma boa pergunta. Talvez pela estabilidade … Enviamos a sua dúvida para a nossa fonte, a Sociedade Brasileira de Pediatria. Estamos aguardando a resposta, pois esta é uma recomendação da entidade. Grande abraço e obrigada pelos comentários no nosso blog! Mari e Fabi.

    2. Olá! Recebemos a resposta da Sociedade Brasileira de Pediatria sobre a sua dúvida. Ela foi enviada pelo Departamento Científico de Segurança da entidade e a reproduzimos aqui:

      “As recomendações de segurança sobre o estrado para berços são: deve ser feito de uma só placa de madeira (é melhor do que aquele feito de lâminas) e é importante que possa ter altura regulável. A placa única de madeira fica mais bem instalada, mais firme para acomodar o colchão, além do risco da criança conseguir passar a mão e os dedos no vão entre o colchão e o estrado e introduzir mãos, pés, braços, pernas entre as ripas e se machucar”

      Abraços, Mari e Fabi.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.