O que a gravidez faz na sua pele

Estrias, manchas na pele, acne. A maioria das grávidas fica preocupada com esses assuntos. Eu mesma sofri um pouco com isso, principalmente pelo aparecimento de manchas no rosto. Nessa hora, a gente pensa: “Socorro!”. Mas, calma, é possível tentar prevenir alguns probleminhas. É sobre esse tema (a nossa pele durante a gravidez) que trata o texto a seguir, produzido pela Melina Dias, da Pais & Filhos. Com a palavra, a Melina:

Muitas mudanças ocorrem durante a gravidez. Alergias, irritação, ressecamento e manchas na pele são algumas das alterações. Para ajudar as futuras mães nesta fase a tirar suas dúvidas, a dermatologista Carolina Ferolla responde às perguntas mais frequentes sobre o assunto.

Que tipos de alergias as mulheres podem desenvolver durante a gravidez? Como tratar?

As alergias mais comuns se devem a alguns alimentos ou a bijuterias. Também pode ser causada por desodorantes, perfumes e cosméticos. É recomendável que a grávida use sabonetes neutros e hidratantes sem perfumes.

Por que em algumas mulheres grávidas a acne e erupções ficam mais evidentes?

Durante a gravidez, a pele pode ficar mais oleosa e propensa ao surgimento de acne. É importante lavar o rosto duas vezes ao dia, preferencialmente pela manhã e à noite, com sabonete de ph neutro. Os sabonetes comuns podem irritar a pele e devem ser evitados. Quando usados em pele oleosa tendem a estimular a glândula a produzir mais gordura. No caso de peles secas, eles aumentam de forma considerável o ressecamento. Falando em temperatura da água, ela deve ser de morna a fria para não retirar a oleosidade natural da pele.

As manchas (melasmas) que surgem durante a gravidez são permanentes? É possível evitá-las?

As manchas na pele podem ocorrer em 75% a 90% das grávidas. São provocadas pelo aumento dos hormônios femininos. De cor marrom escura, surgem no rosto, nas bochechas, no nariz e no bigode. Geralmente, aparecem nos três primeiros meses da gravidez e se acentuam no final. Não são permanentes, mas podem demorar até dois anos para sumir, dependendo da profundidade do melasma. Para prevenir, não se exponha diretamente ao sol, use óculos escuros, chapéu e aplique sempre o protetor, no mínimo fator 30. Passado o período de amamentação, o dermatologista pode indicar algum creme clareador.

“As manchas na pele podem ocorrer em 75% a 90% das grávidas”

As estrias aparecem em todas as grávidas? Que tipos de cremes ajudam a evitá-las?

As estrias aparecem no abdômen, coxas e mamas. Isso ocorre por conta do aumento da tensão nos tecidos da pele, que são estendidos muito rapidamente nos meses da gestação. As estrias não desaparecem depois do parto. Para evitá-las, a gestante deve manter o peso adequado durante a gravidez, sem engordar exageradamente, e usar cremes hidratantes com vitaminas A e D. Os óleos de rosa mosqueta, silicone e de amêndoas precisam ser usados em alta concentração.

Mulher grávida pode fazer limpeza de pele?

Antes de tudo, a gestante deve estar tendo uma gravidez normal, sem riscos. Se estiver tudo bem, ela poderá fazer limpeza de pele até microdermo, uma vez que é um processo mecânico e não químico. As grávidas devem optar por tratamentos que não utilizem ácidos, mas que mesmo assim sejam capazes de amenizar o problema da acne, desobstruir os poros e diminuir a produção de óleo e de sebo. Para não afetar a saúde do bebê, deve-se evitar o uso de aparelhos estéticos de alta frequência, produtos esfoliantes, peelings com ácidos e aplicação de toxina botulínica.

Amigas, vejam outros textos da Pais & Filhos para as gestantes no SOS Grávida.

Beijos, da Mamãe Prática Mari

clubeCadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.