Vida de mãe: Criando nossa rotina!

Ser mãe de bebê significa fazer as 24 horas do dia renderem, afinal não é fácil dar conta sozinha da casa, da família, da carreira e cuidar de um bebê que exige toda a atenção do mundo. Pensando nisso, a mamãe e professora Camila Garoli Vilela, administradora da página no Facebook Mãe do meu jeito, criou um planejamento que também irá ajudá-la na sua volta ao trabalho. Às leitoras do Mamãe Prática, ela conta em detalhes como é a sua rotina diária. Seu relato poderá inspirar e ajudar muitas mães na mesma situação. Com a palavra, a Camila:

Será que existe alguma mãe que não gostaria de segurar o tempo para que a licença maternidade passasse mais devagar? Eu adoraria. Mas como não é possível, vou aproveitando ao máximo cada instante que tenho com a minha princesa. E a melhor maneira de aproveitar este tempo é transformando-o em meu aliado.

Sou mãe da Isabela que está para completar 5 meses e a cada dia vejo o fim da minha licença maternidade ficando mais próximo. Como o retorno ao trabalho é inevitável, decidi que era hora de começar a estabelecer uma rotina diária para tornar a nossa vida em família mais saudável e assim garantir que no momento de retomar minha vida profissional tudo se encaixe de uma maneira mais tranquila.

Antes de mais nada, sentei e escrevi o que não podia faltar no nosso dia, como por exemplo a alimentação da família toda, a organização da casa, os cuidados com o bichinho de estimação e as atividades da Isa. Depois estabeleci uma ordem para as coisas acontecerem, sem muita rigidez de horário, mas mantendo sempre a mesma sequência de ações.

“Depois estabeleci uma ordem para as coisas acontecerem, sem muita rigidez de horário, mas mantendo sempre a mesma sequência de ações”

Costumo dizer que aqui em casa o hoje começa no ontem, pois quando a Isa vai para cama, por volta das 22 horas, é hora desta mãe colocar a vida em ordem para o dia seguinte. Organizo as bagunças que ficaram pela casa e encaminho o cardápio do dia seguinte, pensando sempre em refeições fáceis de esquentar e servir.

O dia começa por volta das sete e meia da manhã quando a Isa acorda e vamos curtir juntas uma preguicinha no sofá enquanto acompanho as notícias da manhã. Logo em seguida tomo o meu café que, como todas as refeições do dia, já estava quase pronto para ser servido e rapidinho foi para a mesa.

Assim que termino o café voltamos para o quarto para trocar de roupa – primeiro a Isa, depois eu – e neste momento dou atenção para dois detalhes em especial: limpar a gengiva da princesa com um paninho úmido e ministrar a vitamina D. Faço sempre neste momento para garantir que não haverá esquecimento.

Trocadas, é hora da princesa mamar, sair para tomar um sol na área comum do condomínio e aproveitar para fazer amizade com os outros bebês que moram por aqui. Na volta do passeio, enquanto a Isa brinca em sua cadeirinha cheia de bichinhos pendurados ou no bebê-conforto, cuido do nosso bichinho de estimação, uma linda coelhinha que responde pelo nome de Mia. Depois brincamos um pouco, lemos um livro, a Isa tira um cochilinho e já está na hora de uma nova mamada para ela e do almoço para os pais.

A única regra que não pode falhar é que por volta do meio dia e meia temos que estar com a vida em ordem, pois em breve este será o horário que sairei de casa para o trabalho e ela para o berçário. Enquanto este dia não chega, aproveitamos as tardes para curtir muito uma a outra. Brincamos, passeamos, vamos à piscina ou simplesmente fazemos nada, mas sempre bem juntinhas. E assim a noite chega novamente e com ela a hora de recomeçar.

Este é o meu jeito de fazer dar certo. E você? Já descobriu o seu?

Camila Garoli Vilela tem 36 anos e é professora. Mãe da pequena Isabela, ela administra a página Mãe do meu jeito, no Facebook.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.