Posts + lidos: Como minha filha parou de fazer meu peito de chupeta

Meninas, fui responder a dois comentários em nosso blog sobre o texto “Como fazer o bebê dormir a noite toda” e acabei escrevendo tanto que minha resposta virou outro post! Mania de jornalista que adora escrever kkk

Duas leitoras perguntaram como eu fiz para a Manu parar de mamar, já que ela me fazia de chupeta. Então, mamães, vou contar como eu fiz, mas vale lembrar que cada criança é única e nem sempre o que é bom para uma é o ideal para outra, ok? Mas quem sabe com a minha experiência vocês possam pensar em algo que se ajuste à realidade de vocês. Se vocês estão passando por isso, não desistam, tudo vai dar certo! Vamos lá:

O pediatra da minha filha disse para tomarmos a decisão de tirar o “mamá” de uma vez, ou seja, não adianta dar uma vez e outra negar – “se começar, vai até o fim”, dizia ele. Mas eu achei que isso poderia ser um pouco traumático pra ela, então fiz a seguinte estratégia:

Paciência e etapas

Mais ou menos um mês antes, tirei a mamada da manhã (essa foi fácil), já que ela adora tomar suco e comer frutas. Passei a dar suco de laranja natural pra ela de manhã, antes do “café da manhã” habitual.

Em seguida, tirei a primeira mamada da noite, aquela que ela exigia para adormecer. Essa não foi fácil, mas conseguimos! Aproveitei o fato do maridão entrar de férias (já que isso exige mais disposição e menos horas de sono) e ficou decidiu que ele faria a Manu dormir, pois com o pai ela sabia que não teria como mamar (a avó também pode fazer esse papel). Nos três primeiros dias, ela chorou bastante, mas depois começou a ser mais fácil e ela começou a se acostumar a não mamar para dormir.

Depois de cerca de duas semanas, foi a vez de tirar a mamada da madrugada. E, claro, era o maridão quem ia lá acudi-la e acalmá-la pra dormir. Foi ótimo, não demorou muito e ela passou a dormir a noite toda!

Rotina e afeto

Outra estratégia foi pararmos de fazê-la dormir, ou seja, chega de balançá-la nos braços ou apoiá-la no ombro, embalando-a. Decidimos que ela teria que dormir por ela mesma. Claro, o ideal seria que ela adormecesse no berço, mas ainda não conseguimos isso (essa será a nossa próxima meta).

Viajamos pra São Paulo e, na casa da avó, eu e meu marido dormíamos em um colchão, no chão, e a Manu no berço. Se a gente a colocasse no berço, era o maior berreiro, então – meio que na intuição – meu marido colocou a bebê no colchão, deitando do lado dela e fazendo carinho nela. E assim ficou com ela, com as luzes apagadas, explicando que era hora de dormir, que estava escuro e mostrando que todos que ela conhece já estavam dormindo (vovô já dormiu; vovó já dormiu, prima já dormiu, etc). Também vinculamos a noite com “está escuro” e que esse é o momento de “nanar”. Com isso, o processo de dormir deixou de ser uma briga e mantemos a rotina até hoje.

Quando ela está bem cansada, dorme em cinco minutos. Mas mesmo quando está mais agitada, depois de perguntar quem estava dormindo (a gente sempre responde a mesma coisa e ela fala das mesmas pessoas kkk), logo ela pede carinho e fecha os olhos pra dormir. Sempre deixamos com ela seus bonequinhos do berço e seu travesseiro. Depois que ela adormece, esperamos alguns minutos e a levamos para o berço.

Mamães, muitas de vocês já passaram ou estão passando por isso. Desejo que o relato da minha experiência possa inspirar vocês a encontrarem a melhor forma de solucionar esse problema (quando a criança faz a mãe de chupeta). Minha filha mamou até quase 1 ano e meio e sou muito a favor da amamentação, tanto que ela mamou por todo esse tempo, mesmo eu vivendo esta situação. Mas chega um momento em que a mãe precisa ser firme e mudar essa situação, afinal, dormir bem (sem interrupções) é muito importante não apenas para a mãe, mas para a criança também.

Beijos, da Mamãe Prática Mari.

logo_ClubeMamaePratica

Cadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

5 comentários em “Posts + lidos: Como minha filha parou de fazer meu peito de chupeta”

  1. minha filha nunca tomou gogo, nem papinha so o peito ja tirei a mama dela durante o dia , mais a noite ela faz o meu peito de chupeta, o que fazer nao aguento mais

    1. Oi Cristina!!

      Sua história é bem parecida com a minha: a minha filha hoje com 2 anos e meio também nunca pegou chupeta nem mamadeira (nunca aceitou nenhum leite que não fosse o meu). Mas apesar disso, ela se desenvolve super bem, afinal, come de tudo. Como diz o pediatra dela: principalmente a partir de 1 ano, a criança precisa comer comida e não substituir refeições por leite.

      Bem, quanto à chupeta, assim como você, eu virei a chupeta dela durante a madrugada. No meu caso, a solução foi fazer o desmame, como você leu neste post.

      Se você estiver decidida a fazer o desmame, te sugiro iniciar o processo de uma vez e não desistir pelo caminho. Você precisa estar decidida a fazer isso e ficar confiante de que será o melhor para vocês duas. Se você tiver ajuda (alguém para acalmá-la na madrugada), seria melhor ainda.

      Boa sorte! Depois nos conte como foi! Beijos, da Mamãe Prática Mari

  2. Oi Mari, meu bebê tem 5 meses. E ele só dorme no peito. Será q ele sendo menor eu consiga tirar o hábito sem traumas?? Ja tentei as técnicas da encantadora de bebê, mas foi mto traumático, até pra mim. Beijos

    1. Olá Dani!

      Será que ele dorme bem durante a noite? Você precisa avaliar se ele mama bem durante o dia e se mama bem (o suficiente) na última mamada da noite. Se ele dorme bem na madrugada (acorda uma vez pra mamar e não de hora em hora, por exemplo), então dormir no peito pode não ser um problema pra você.

      Mas se ele está te fazendo de chupeta mesmo, talvez seja interessante você tentar ensiná-lo a adormecer de outra forma – com calma, carinho, devagar, afinal ele ainda é bem bebezinho. Algumas teorias dizem para evitar que o bebê durma mamando, ou seja, quando você ver que ele vai dormir e já mamou, você tira o peito da boquinha (de forma delicada, com o dedo mindinho) e tenta fazê-lo dormir de outra forma. Ele vai reclamar sim, vai chorar, já que essa é a forma que ele acostumou (no peito), mas você pode tentar mostrar pra ele que ele pode dormir de outro jeito. Será uma aprendizagem.

      Estes outros posts também podem te ajudar:
      – Entrevista com a psicóloga e psicanalista Clarice Wichinescki Zotti: “Socorro: meu peito virou chupeta”

      – Relato da Mamãe Prática Fabi: “Como ensinar o bebê a dormir sozinho”

      Dani, espero que estas dicas e os outros posts possam te ajudar a refletir e chegar a uma solução ideal para vocês. Por favor, depois volte aqui pra me contar como foi.

      Beijos, da Mamãe Prática Mari

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.