Gravidez: 5 dicas para enfrentar o calor

Olá meninas! Calor é tudo de bom, mas é melhor quando estamos em férias, na praia ou na piscina, não é mesmo? Porque no dia-a-dia trabalhar e fazer as nossas atividades com temperaturas muito altas, de quase 40 graus, não é nada agradável, ainda mais se estivermos grávidas. Alguém concorda? Lembro bem no início da minha gravidez do Serginho, quando eu sofria com o calorão de São Paulo: me sentia muito mal, a pressão caía e tudo o que eu queria era dormir (afff).

Pensando nas nossas queridas seguidoras grávidas que estão passando muito calor nas suas cidades, achei bacana trazer vocês essas recomendações para vocês se sentirem melhor nessa época do ano. As dicas foram enviadas pra gente pela marca Bepantol Mamy e adaptamos nesse post. Olha só:

Inchaço
Durante a gravidez é normal ter algum inchaço nas pernas e pés. No verão, com o calor em excesso, pode ser que a sensação de peso nos membros inferiores, por causa do inchaço, seja mais intensa. As recomendações são repouso, uso de meias elásticas e evitar sapatos apertados. Sempre que possível aproveite para repousar em lugares arejados e frescos, principalmente se você estiver no terceiro trimestre de gestação. Nesse período o repouso, ficando deitada de lado, reduz o peso do útero sobre vasos sanguíneos e pode levar a melhora do inchaço das pernas. Em relação à dieta, reduza o sal e beba bastante água.

Pele
Outro cuidado que a gestante precisa ter é com a pele. Isso porque o aumento da produção de hormônios e a exposição excessiva ao sol podem causar manchas no rosto e em outras regiões do corpo. Para evitá-las, use protetor solar a cada duas horas e evite o sol entre 10 e 16 horas. Outra preocupação é o surgimento de estrias, principalmente em áreas como barriga, seios e coxas. Para preveni-las você pode usar creme antiestrias, beber bastante água e controlar o ganho de peso durante a gravidez (para que não seja exagerado).

Desmaios e tonturas
Nos meses mais quentes as sensações de mal-estar podem ser mais frequentes, por causa de vários fatores como calor, alterações hormonais e da pressão arterial sistêmica, mudanças na dieta, entre outros. Por isso, é importante evitar longos períodos em jejum, não passar muito tempo em locais abafados e quentes, nem ficar muito tempo sem beber água. Alimentar-se a cada três horas e ingerir bastante água são dicas para evitar esses problemas.

Alimentação
No verão, a alimentação da gestante deve continuar equilibrada e saudável, com mais cuidado em relação à higienização das frutas. A recomendação é preferir sempre alimentos naturais e leves, preparados na hora. Se for fazer refeições fora de casa, analise bem a escolha do prato para prevenir intoxicação alimentar e contaminação.

Roupas
Durante os meses mais quentes, vale optar por roupas mais leves e de tecidos finos, como algodão, pois facilitam a transpiração e são mais confortáveis.

Queridas, espero que essas dicas sejam bastante úteis e que vocês possam curtir melhor a gravidez sem os incômodos provocados pelo calor. E vale lembrar: na dúvida ou ao sinal de qualquer problema, consulte o seu médico.

Beijos, da Mamãe Prática Fabi

Foto: Mimo Fotos

clubeCadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

Uma ideia sobre “Gravidez: 5 dicas para enfrentar o calor”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *