Sangramento na gravidez

Sangramento na gravidez: o que fazer

Olá meninas, se vocês estão lendo esse texto pode ser que tenham passado por isso ou têm receio de que ocorra sangramento na gravidez. Uma leitora querida (gestante de 2 meses) nos enviou uma mensagem preocupada, pois após fazer esforço para pegar uma roupa no guarda-roupa teve um sangramento que, felizmente, não se repetiu.

Mas a gente sempre fica preocupada, né? Por isso, procurei o ginecologista e obstetra Patrick Bellelis (também diretor executivo da Associação Brasileira de Endometriose e Ginecologia Minimamente Invasiva) para esclarecer pra gente quando o sangramento na gestação representa perigo, ou não. Vejam todos os detalhes a seguir:

O que fazer se ocorrer sangramento?
Sempre que tiver algum sangramento na gravidez, deve-se procurar o pronto-atendimento para realização de ultrassonografia.

Quais as causas do sangramento na gravidez?
Todo sangramento no primeiro trimestre da gestação é chamado de “ameaça de aborto”, mas isto não quer dizer que um aborto irá ocorrer. Existem inúmeros casos de sangramentos benignos, sem repercussão para a continuidade da gestação. Sempre precisamos considerar a possibilidade de aborto, gestação ectópica (quando o embrião se implanta fora da cavidade uterina), mola hidatiforme (quando a placenta e o feto não se desenvolvem adequadamente) e sangramentos do colo uterino.

Quando o sangramento na gravidez representa algo mais grave?
Na realidade não temos como diferenciar clinicamente se um sangramento é benigno ou não. Todo e qualquer sangramento na gravidez deve ser avaliado com ultrassonografia. No entanto, sangramentos abundantes e em “sangue vivo” são piores.

Quando a grávida faz algum esforço físico, como ao se esticar muito para pegar algo ou levantar peso (levantar um vaso do chão, por exemplo), a chance de ocorrer sangramento é grande?
Na realidade, se a gestação não tiver nenhum problema, não existe correlação destes “esforços” com o sangramento. Não existe esta recomendação de não fazer esforço. A gestação não é doença e não deve ser tratada como tal. Só iremos solicitar repouso ou o afastamento de atividades físicas em casos especiais. Cada caso é um caso.

Portanto, não existe nenhuma correlação na literatura com esforços físicos e sangramentos. Se a gestação estiver bem, sem descolamento ovular, com colo uterino >30mm, não existe este tipo de limitação. Somente orientamos que as pacientes que já fazem atividade física, que as mantenham, mas diminuam sua intensidade.
Aquelas que não fazem, que iniciem no segundo trimestre da gestação, e esticar não é um esforço.

A gestante não tem e não pode ficar quieta sem fazer nada. Levantar um vaso, lógico, depende do peso. Mas isto, seria limitante pra qualquer mulher, mesmo não grávida.

Quais exercícios as grávidas podem fazer?
Como dito na questão anterior, não impedimos a realização de nenhum tipo de exercício físico. Existem gestantes que continuam praticando musculação e crossfit, por exemplo. Tudo vai depender se você já praticava antes de ficar grávida.

A prática de exercícios físicos é recomendada na gestação. Normalmente solicitamos que mantenham uma frequência cardíaca em 60% da frequência máxima (exercício moderado).

Quais exercícios físicos são mais recomendados para as gestantes?
Se você já pratica exercícios físicos, pode manter. Somente diminua a intensidade. A suspensão da atividade física só será feita caso a caso, dependendo da necessidade.

Se você nunca praticou ou não pratica atualmente, iremos orientar que iniciem a atividade física na gestação sim!! Bons exercícios para estes casos são: pilates, hidroginástica (leia mais aqui) e aulas de alongamento.

>> Mais posts!
Meninas, confiram também a série especial para gestantes que fizemos com a Central da Gestação! Um dos posts traz uma sequência de alongamento para gestantes preparada por uma fisioterapeuta! Acesse aqui a sequência de alongamento.

Gestante em alongamento
Alongamento para gestantes

Espero que estas orientações sejam úteis para vocês. Vocês estão grávidas? De quantos meses? Contem pra mim aqui nos comentários.

Beijos, da Mamãe Prática Mari.

Foto: freeimages/Benjamin Earwicker

clubeCadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.