Como trabalhar em casa com bebê: dicas da coach de mães Melodia Moreno

5 dicas de ouro para quem precisa trabalhar em casa com bebê

Olá amiga leitora, é possível trabalhar em casa quando se tem bebê? E empreender online quando se tem criança pequena? Se você viu o título deste post e está lendo este artigo ou você já é uma mamãe empreendedora ou sonha em empreender, seja online, seja no mundo real.

Pensando nessa realidade de milhares de mamães que nos seguem, trouxemos para vocês as dicas da querida e bem sucedida Melodia Moreno, criadora do A.M.E. (Academia de Mães Empreendedoras). Essa simpática baiana é mãe da Lulu, vive em Los Angeles e mostra que trabalhar em casa com bebê é possível! Melodia é coach de mães empreendedoras digitais e ajuda milhares de mães que querem ter seu próprio negócio online e mais tempo de qualidade com seus filhos.

Aqui neste link você pode se inscrever para participar da Academia de Mães Empreendedoras (A.M.E). Inscreva-se aqui. 

No início de sua jornada como empreendedora digital, Melodia (assim como nós!) viveu na pele a angústia de trabalhar em casa enquanto sua filha ainda era bebezinha. Digo angústia, porque muitas vezes acabamos ficando divididas: nem conseguimos dar atenção aos nossos filhos nem cuidamos direito do nosso negócio.

Mas a Melodia mostra que é possível, sim, ser bem sucedida e trabalhar em casa, fazendo o que se ama e ainda tendo tempo para acompanhar de perto o desenvolvimento de nossos filhos.
Neste artigo, ela divide com a gente “5 dicas para quem trabalha em casa e cuida do bebê”. São dicas de organização que podem fazer uma grande diferença no nosso dia a dia. Confira:

5 dicas de ouro para quem trabalha em casa e cuida do bebê

Dica 1 – Tenha uma boa organização do seu dia
Comece organizando bem o que você vai fazer no dia. Organize seus horários para quando você vai trabalhar e quando você vai ficar com seu filho. Você pode definir, por exemplo, que irá ficar de manhã com seu filho e trabalhar em casa no turno da tarde. Portanto, organize-se para o que você definir. Analise se irá precisar de ajuda (da avó, da babá) ou colocar o filho na creche, por exemplo.

Dica 2 – Esteja presente para o que você estiver fazendo no momento
Não adianta definir os horários, mas ficar com a cabeça em um lugar quando deveria estar em outro, ou seja, pensar no trabalho enquanto estiver com seu filho e se sentir culpada quando estiver trabalhando. É muito mais produtivo estar realmente presente com seu filho quando estiver com ele. Por isso, desligue o celular e o computador e ESTEJA PRESENTE: brinque, vá ao parque e realmente curta esse momento de qualidade enquanto estiver com seu filho.

Dica 3 – Seja flexível
É preciso ter organização, mas não se cobre de jeito nenhum se um dia você precisar adiar um pouco seus planos porque seu filho estava doente, porque ele precisou mais de você naquele dia ou porque teve uma reunião na escola e você precisou ir. Ou o contrário, de repente naquele horário que você não definiu para o trabalho, surge algo muito importante para o seu negócio. Imprevistos acontecem. O importante é você não se culpar por isso.

Dica 4 – Aproveite a hora da soneca
Aproveite para trabalhar na hora em que seu filho estiver dormindo, mas que não seja algo fundamental para o seu negócio, como uma ligação muito importante ou a produção de algo super criativo. Caso contrário, você poderá ficar com a sensação de que seu filho irá acordar a qualquer momento, o que pode criar uma insegurança e até um bloqueio de criatividade. Você pode usar esse horário para responder e-mails e responder comentários nas redes sociais, por exemplo. Portanto, observe se, no seu caso, a hora da soneca é um bom momento (ou não) para você criar ou tomar as grandes decisões sobre o seu trabalho.

Dica 5 – Cuide de você
Você não vai conseguir cuidar bem do seu bebê, nem cuidar bem do seu negócio se você não estiver bem com você mesma. Cuide da sua alimentação, da sua mente, do seu corpo e tire um tempo para você realmente recarregar suas baterias. Você pode ir ao cinema, praticar meditação, ler seu livro predileto, tomar um banho de diva de vez em quando e sair com as amigas. Faça o que você sente que recarrega as suas energias, o que te faz bem.

Não adianta você administrar o tempo entre a maternidade e seu negócio se você for uma mãe estressada, com baixa autoestima. Se você não se sente maravilhosa, dificilmente você vai ser uma mãe maravilhosa ou vai ter um negócio maravilhoso. Arrume um tempo de qualidade para você cuidar de você. Assim você vai ficar bem para você, para o seu parceiro, para o seu negócio, para tudo.

Para melhorar a sua autoestima, Melodia mostra neste vídeo a Técnica do Espelho, que ela aprendeu com a autora motivacional Louise Hay e pratica todos os dias.

E trabalhar em casa de pijama, pode?

A própria Melodia conta que gosta e costuma trabalhar em casa de pijama. Mas para Érica Minchin, consultora de moda e estilo, é mais indicado usar uma roupa confortável do que aquele pijama já desgastado e que nos convide a ficar no sofá, vendo TV. “O que você veste conta uma história para alguém e isso vai interferir em como essa pessoa age com você e como você vai reagir. Quando você olha no espelho, você vai absorver essa informação”, explica. Assim, quando a sua mãe e seu marido, por exemplo, te observam trabalhando em casa, usar uma roupa (e não o pijama) também é uma forma de delimitar para eles que esse é o momento de você trabalhar em casa.

Assista o bate-papo delicioso da Melodia com a Érica:

Amiga, o que você achou destas dicas? Você já começou a empreender?

A.M.E. Academia de Mães Empreendedoras: empreendedorismo digital

E se você sonha em ser uma mamãe empreendedora digital, você vai amar as dicas que a Melodia vai dividir com a gente na Academia de Mães Empreendedoras. Inscreva-se aqui.

 

Beijos, da Mamãe Prática Mari

Foto: freeimages.com/Ariel da Silva Parreira

logo_ClubeMamaePratica

Cadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *