Como ter sucesso na amamentação

Como já falei aqui no blog, uma das primeiras coisas que uma mãe vai precisar ensinar ao seu filho é como ele deve mamar (este foi o meu caso). E um dos principais fatores para que a amamentação ocorra de forma tranquila e sem dores para a lactante é a chamada “pega” correta. Mamãe, leve isso muito a sério e faça disso um mantra, para não se esquecer: “pega correta, pega correta, pega correta”.

_MG_7559_corte

A nutricionista Rosane Baldissera, consultora em amamentação de Porto Alegre (RS), explica que, aliada à pega correta, a posição da mamãe para amamentar deve ser a mais confortável possível. “Deve estar sentada, sem sentir desconforto, com as costas apoiadas. O bebê deve estar barriga com barriga com a mãe (na posição tradicional), totalmente voltado para a mamãe, sua boca deve estar de frente para o mamilo, e o nariz deve estar livre”, orienta. Continue lendo Como ter sucesso na amamentação

Os primeiros (e difíceis) dias de amamentação

Mamães e papais leitores desse blog, vou dizer uma coisa para vocês: amamentar é lindo, aproxima a mãe do bebê e cria um vínculo tão forte com o rebento que chega a dar inveja em muitos papais. Mas olhar para esse lado é ver apenas um aspecto romântico de toda a situação. Claro que existem milhares de mães super sortudas (eu conheço algumas) cujos bebês parecem que já nasceram mamando. Elas não tiveram nenhum trabalho e nem sofreram as dores da amamentação.

Sou 100% a favor do neném mamar no peito. Segundo o Ministério da Saúde, o leite materno tem tudo o que o bebê precisa até os seis meses, inclusive água, e é de mais fácil digestão do que qualquer outro leite, porque foi feito para o bebê. Além disso, funciona como uma verdadeira vacina, protegendo a criança de muitas doenças.

Continue lendo Os primeiros (e difíceis) dias de amamentação

Jornalismo materno de qualidade