Arquivo da tag: educar

Birras e conflitos: como lidar com nossos filhos sem enlouquecer

Olá queridas! Esse post é para avisar vocês que fizemos um bate-papo online, em vídeo, com a psicóloga infantil Ana Flávia Fernandes, querida colunista aqui do blog e autora do Terapia de Criança, sobre como podemos lidar melhor com as situações de birras, chiliques e conflitos dos nossos filhos.

Confesso que sugeri esse tema para a entrevista porque agora que o Serginho está com dois anos parece que as manhas e as birras estão aumentando e tem horas que fico doida sem saber exatamente como agir (risos).

Continue lendo Birras e conflitos: como lidar com nossos filhos sem enlouquecer

Liderança e autoritarismo infantil

Olá meninas!

A criança quer ser ouvida, mesmo que não seja atendida em seus desejos. Essa é uma das lições que tirei deste novo artigo da nossa colunista, a querida psicóloga infantil Ana Flávia Fernandes, também autora do Terapia de Criança. E como educar? Essa tarefa nem sempre é fácil e este artigo nos ajuda a refletirmos sobre que tipo de adulto queremos que sejam os nossos filhos. Super recomendo a leitura deste texto! Com a palavra, a Ana Flávia:

Desde os primeiros dias de vida as crianças estão aprendendo sobre comunicação. Elas choram, fazem caretas, apontam, se jogam no chão e a forma como falamos vai desenvolvendo também toda sua capacidade de compreender, receber as informações e formar valores internos sobre a relação com as pessoas.

Continue lendo Liderança e autoritarismo infantil

Educar com carinho: eu pratico

Olá meninas! Tudo bem com vocês?

Quantas vezes vocês perderam a paciência com seus filhos e, o mais importante, quantas vezes vocês conseguiram respirar fundo, se acalmar e resolver a situação de uma maneira mais tranquila? Educar com carinho é o tema deste artigo da querida Iza Garcia, mãe da Bruna e autora do site Roteiro Baby, parceiro do blog Mamãe Prática. Eu me identifiquei MUITO com o texto dela. Vem ler também! Com a palavra, a Iza:

Educar com carinho: eu pratico

Tenho muito orgulho de nunca ter atribuído a palavra “terrível” para descrever alguma fase da minha filha (até agora, pelo menos). E pra quem não entendeu, me refiro à tal crise dos “terrible two”, pela qual minha filha não passou.
Continue lendo Educar com carinho: eu pratico