Arquivo da tag: diferenças

Filhos gêmeos: como educá-los ajudando cada um a criar a sua própria identidade

Olá meninas, quem aí tem filhos gêmeos ou gostaria de ter? Eu e a Fabi somos gêmeas, mas não tivemos filhos gêmeos (olha a gente aqui quando crianças). Ser gêmea, pra mim, é algo muito especial (eu acredito sim que existe uma conexão especial entre os irmãos gêmeos).  Por isso, super me identifiquei com este novo artigo da psicóloga infantil Ana Flávia Fernandes, nossa querida colunista já há bastante tempo. Com a palavra, a Ana Flávia:

Continue lendo Filhos gêmeos: como educá-los ajudando cada um a criar a sua própria identidade

Gripe, resfriado e rinite: entenda as diferenças

Olá meninas, será que no frio ficamos mais gripados? E por que as crianças sofrem tanto no inverno? Neste artigo, a pediatra Jaqueline Toscano, especializada em Alergia e Imunologia e autora do perfil @alergiacomdrajaque, no Instagram, preparou pra gente um texto sobre as diferenças e causas da gripe, do resfriado e da rinite. Com a palavra, a nossa colunista, a Dra. Jaque:

Continue lendo Gripe, resfriado e rinite: entenda as diferenças

Filhos gêmeos e suas diferenças

Abordar a questão de ter filhos gêmeos foi um dos assuntos mais curiosos que muitas leitoras sugeriram para falarmos aqui no blog na nossa última pesquisa! E esse tema tem tudo a ver com a gente já que eu e a Mari somos irmãs gêmeas! E mais: a nossa mãe também é gêmea idêntica e na nossa família tem vários casos de gestações múltiplas.

Continue lendo Filhos gêmeos e suas diferenças

Por que é tão importante que seu filho tenha amigos

Olá meninas,

Todo mundo sabe o quanto importante na vida é ter amigos e existe até uma data para se comemorar o Dia do Amigo (20 de julho) e outra para o Dia Internacional da Amizade (30 de julho). Há pesquisas que dizem que, no quesito felicidade, a amizade vem antes do dinheiro, tornando as pessoas realmente mais felizes.

Mas quando falamos de crianças pequenas, de 1 a 5 anos, por exemplo, até que ponto ter amigos realmente importa? Eu posso falar pra vocês da experiência que tenho percebido aqui em casa com a minha pequena, que agora está com 3 anos.
Continue lendo Por que é tão importante que seu filho tenha amigos