Como entreter as crianças nas férias, mesmo sem viajar

É preciso muita criatividade para entreter os filhos nas férias, especialmente se a família não puder viajar. Mas com as sugestões do consultor familiar Rodrigo Fonseca é possível tornar esse período bastante produtivo e divertido. Gostou da ideia?

Veja a seguir 10 recomendações de Fonseca (que também é especialista em Inteligência Emocional e membro da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento) para evitar que as crianças passem as férias apenas no mundo virtual e na televisão.

  1. Caso você não consiga sair de férias junto com seu filho, programe uma viagem em um fim de semana. Novos lugares e pessoas são ótimos para transformar as energias.

  2. Durante o período em que a criança estaria na escola, deixe que ela descanse ou faça a atividade que preferir. Assim, ela sairá das obrigações e da rotina, sentindo o “gosto das férias”.

  3. Procure as programações da sua cidade. Os parques, zoológicos e outros centros realizam atividades guiadas para as crianças neste mês e muitas delas são gratuitas.

  4. A prática de esportes é uma ótima fonte para liberar a energia acumulada. Deixe que seu filho escolha aquela que mais o agrada e participe junto!

  5. Reúna os amigos e/ou primos para uma festa do pijama, noite da pizza e/ou sessão de cinema com pipoca!

  6. Aproveite esse tempo para conhecer melhor o seu filho. Por meio de brincadeiras, compartilhe sua vida, os seus sonhos e as coisas que mais gosta de fazer. Dê espaço e estimule seu filho a compartilhar seu mundo interno também.

  7. É importante que os pais tenham um pouco mais de energia nesse período e estejam presente nas férias da criança, mesmo que depois do trabalho.

  8. Uma opção durante o horário de trabalho dos pais é combinar com os vizinhos e familiares a contratação de uma recreadora. Algumas agências oferecem esses serviços. Em condomínios e bairros, essa ideia funciona bastante.

  9. Existem também acampamentos e clubes de férias que podem ser uma opção para alguns dias, mas nunca deixe seu filho passar as férias inteira longe de você, pois isso poderá ser sentido como uma rejeição.

  10. Cuide para que haja um equilíbrio entre tempo livre e as atividades para a criança não voltar das férias desmotivada e nem mais cansada do que saiu.

Você também pode gostar de ler este outro post, que traz dicas de brincadeiras que vão fazer seu filho se mexer!

Beijos, da Mamãe Prática Mari

Foto: Anissa Thompson

logo_clube

 

Cadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.