Arquivo da tag: hairstylist

O primeiro corte de cabelo sem traumas

Veja dicas sobre quando e como levar seu bebê no cabelereiro

0002798811PP-849x565_Studio Cl Art_CORTE
Quanto mais velhas as crianças, mais fácil de se acostumarem a ficar na cadeira para cortar o cabelo

O primeiro corte de cabelo do bebê feito em casa os pais não esquecem e sempre tem aquela mãe cuidadosa que faz questão de guardar os poucos fios que foram cortados. Só que se você é desligado (a) como eu, talvez se esqueça de guardar os cabelinhos e aí, quando se der conta, já será tarde (risos).

Mas nem tudo está perdido: você terá uma segunda chance. A minha sugestão é lembrar de registrar o primeiro corte de cabelo “oficial”, ou seja, aquele feito no salão de beleza. Entretanto, não basta só levar a câmera fotográfica ou o smarthphone, a dica é tomar outros cuidados, já que esse momento pode ser delicado para seu filho, ainda tão novinho.

Continue lendo O primeiro corte de cabelo sem traumas

Corte de cabelo infantil: entre a vontade das crianças e o desejo dos pais

Hairstylist explica aos pais como acertar na escolha do corte de cabelo das crianças

Sofia com o novo corte: um chanel assimétrico com costeletas

As dicas de hoje são para os pais que têm crianças maiores, e o assunto é o corte de cabelo! Às vezes fico admirada ao ver os cortes das crianças nas ruas, afinal, muitas não têm medo de ousar! Segundo o hairstylist Paulinho Tristano, de Curitiba (PR), hoje em dia, as crianças estão bem exigentes e fazem questão de expor suas vontades.

Então, até que ponto podemos deixar nossos filhos escolherem o corte de cabelo? E será que também é importante colocarmos um limite nessa decisão? O hairstylist diz que tem notado uma grande mudança no perfil das crianças. Segundo ele, as crianças com idade acima dos cinco anos costumam saber muito bem o que querem e já não aceitam a opinião dos pais e, muito menos, dos profissionais. “A criançada está muito decidida e faz com que os pais respeitem suas vontades. Geralmente, elas se inspiram em algum personagem da televisão e não sossegam até que estejam com o corte semelhante”, relata.

Para o hairstylist, tudo é permitido no corte infantil desde que a criança se reconheça no espelho e saia feliz do salão. “Há alguns meses, atendemos uma cliente de quatro anos, a Sofia, que chegou até o salão com um corte médio com franja, bastante comum. Ao sentar na cadeira, ela explicou que queria mudar para um cabelo chanel assimétrico com costeletas. O corte ficou lindo e ela saiu realizada do salão”, comenta.

Continue lendo Corte de cabelo infantil: entre a vontade das crianças e o desejo dos pais