Menino brincando

Férias: brincando como antigamente

Quando as férias chegam nós (pais e mães) costumamos ficar de cabelo em pé para entreter e distrair nossos filhos. A sugestão do blog Mamãe Prática para essa época é a seguinte: incentive seus filhos a se mexerem e saírem de frente do computador e da TV!

Com brincadeiras simples, do nosso tempo de escola (época em que não existiam nem computador pessoal, nem internet), seu filho vai brincar bastante, divertir-se, fazer amigos e, principalmente, sair do sedentarismo.

Veja a nossa seleção abaixo. Se você mora em apartamento, verifique o ambiente mais adequado para as brincadeiras. Se o quarto da criança for muito pequeno, o jeito será bagunçar a sala mesmo ou optar pelas dependências do prédio onde é permitido brincar.

Algumas brincadeiras podem ser feitas pelo seu filho sozinho, mas outras exigem mais crianças. Então, estimule para que ele brinque com seus colegas de escola, vizinhos ou primos. Além de promover a sociabilização, essas opções praticamente não custam nada e ainda vão fazer com que seu filho gaste muitas calorias!

Pular corda

Tente pular corda agora que você é adulto e verá como cansa muito! É um super exercício! Entregue uma corda individual para seu filho ou estimule-o a brincar com mais duas crianças, neste caso com uma corda grande (dois seguram uma ponta e outro pula). Eles devem bater a corda em círculo, de forma ritmada e cantar:

Um homem bateu em minha porta
E eu abri.
Senhoras e senhores, ponham a mão no chão (o jogador pula e rapidamente abaixa e toca o chão)
Senhora e senhores, pulem num pé só (o jogador pula com um só pé)
Senhoras e senhores, deem uma rodadinha (o jogador pula e roda)
E vá pro olho da rua! (o jogador sai debaixo da corda)

Amarelinha

É muito fácil de desenhá-la no chão, com giz, mas hoje também é possível encontrar modelos prontos, como em EVA. Seu filho poderá brincar sozinho e dará muitos pulinhos.

Bambolê

Esse brinquedo é muito barato e seu filho vai se entreter e se movimentar bastante, mexendo a cintura. As crianças também podem fazer o movimento no pescoço e nos braços, é só ter imaginação.

Dança das cadeiras

Quem não se lembra dessa tradicional brincadeira? Ela fica mais interessante com pelo menos cinco jogadores, que têm que ser rápidos para sentar nas cadeiras (quando a música parar) para não saírem da brincadeira. Eles vão danças e correr bastante.

Corre cotia

Com cinco participantes ou mais, essa brincadeira vai fazer as crianças desenvolverem a agilidade. Enquanto quatro ficam sentadas em círculo, uma fica em pé, com o lenço na mão. Ela anda em volta do círculo enquanto todos cantam uma rima (Corre Cotia). No meio da música, ela deixa cair, disfarçadamente, o lenço atrás de um dos participantes. Quando a criança sentada perceber que o lenço está atrás dela, começará a perseguição ao “pegador”, que deve correr para ocupar o lugar vago. Se for apanhado antes de chegar ao lugar vazio, o “pegador” continua nessa função, mas se conseguir dar a volta e ocupar o lugar vago, é o jogador escolhido quem vira o “pegador”.

Corre cotia
Na casa da tia
Corre cipó
Na casa da avó
Lencinho na mão
Caiu no chão
Moça(o) bonita(o) do meu coração
Criança: Posso jogar?
Roda: Pode!
Criança: Ninguém vai olhar?
Roda: Não!

Elefantinho colorido

Indicada para crianças acima de 4 anos, essa brincadeira exige ao menos três jogadores. Funciona assim: um participante é escolhido para comandar. Ele fica à frente dos demais e diz: “Elefantinho colorido!”. Os outros respondem: “Que cor?”. O comandante grita o nome de uma cor e os jogadores correm para tocar em algo que tenha aquela tonalidade. Quanto mais longe o acesso à cor, mais difícil será o jogo. Para os mais velhos, a brincadeira ficará mais divertida se o comandante perseguir os outros participantes e tentar capturá-los antes que eles cheguem à cor. O primeiro capturado vira o próximo comandante.

Nossa dica: Além de promover essas brincadeiras, aproveite o final de semana para passear no parque, andar de bicicleta e jogar bola com seus filhos – eles vão gastar calorias e adorar fazer essas coisas com você. Lembre-se também de dar o exemplo, exercite-se!

Beijos da Mamãe Prática Mari

Foto: Freeimages.com/ William George

clube

Cadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.