Estimule a criatividade do seu filho

FotografiaUma das melhores coisas de ser criança é que não existe censura. Crianças falam e fazem o que pensam, o que têm vontade. Muitas vezes aparecem com frases engraçadas e improváveis, são as famosas “pérolas” que as pessoas contam sobre o que o filho disse ou fez quando pequenino. 

Isso acontece porque a criança passa, naturalmente, por um processo de aprendizado que envolve, entre outros aspectos, a linguagem e a coordenação motora. E é aí que os pais têm o papel importante de estimular a imaginação e a criatividade dos pequenos. Para entender mais sobre o assunto, veja o que diz a pediatra Erothildes Padilha Saleh, de São Paulo (SP).

O mundo mágico na fase pré-escolar

Durante a fase pré-escolar, principalmente entre os quatro e seis anos de idade, a criança já tem total controle do seu corpo, desenvolveu a linguagem e já vivenciou experiências diversas dentro e fora de casa.

Nesse período, as crianças estão em constante movimento, realmente não ficam paradas! Mas os pais não devem ficar preocupados com o intenso nível de atividade dos filhos, pois isso favorece a coordenação motora e o desenvolvimento dos pequenos.

A curiosidade e a imaginação também são características marcantes dessa faixa etária. A criança vive rodeada de questionamentos até para as coisas mais simples – fase dos porquês – e pratica intensamente a imaginação, por meio de brincadeiras, histórias e “amigos imaginários”.

Esta é uma fase especial, por isso, histórias, filmes, desenhos animados e teatro são recursos que ajudam a estimular a imaginação e o raciocínio da criança.

Acompanhe a evolução da criança:

Aos 4 anos
A criança já corre com segurança, anda de bicicleta, salta sobre um pé só, reconhece várias cores, brinca com outras crianças e domina um amplo vocabulário de cerca de 1,5 mil palavras.

Aos 5 anos
A criança já pode dar nó no cadarço do sapato, vestir-se sozinha, desenhar outras pessoas e figuras geométricas. Ela gosta de saber o significado de palavras novas que entra em contato e reconhece algumas letras do alfabeto. Seu vocabulário nesse momento é de cerca de 2,5 mil palavras. Algumas crianças já conseguem ler.

Aos 6 anos
Todas as características anteriores estão aperfeiçoadas e a criança já mostra interesse por atividades relacionadas à linguagem (escrita e leitura). As brincadeiras vão ficando cada vez mais variadas e o raciocínio se desenvolve rapidamente. O aprender torna-se uma atividade prazerosa.

Fontes:
www.pediatraonline.com.br/padilhaconsultorios
www.conversandocomopediatra.com.br

*O texto foi extraído e editado do site www.pediatraonline.com.br/padilhaconsultorios.
* Foto: Cristiano Borges Fotografia

Um beijo, da Mamãe Prática Fabi

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.