Cuidados com a higiene do bebê

Há poucos meses participamos de um encontro promovido pela Johnson’s Baby com jornalistas e blogueiras para o lançamento da sua nova linha de produtos para recém-nascidos que foi reformulada e inclui sabonete líquido, óleo, loção hidratante e toalhinhas umedecidas (Humm produtos com cheirinho de bebê).

Na ocasião, recebemos um guia bem bacana sobre os cuidados com a pele do bebê, intitulado “Novas práticas de higiene infantil para cuidar do bebê com segurança, suavidade e eficácia”. Por isso, resolvi selecionar algumas informações úteis sobre o tema para dividir com vocês. Veja só:

  1. No banho, só água não basta para limpar o bebê. Está provado que a água elimina apenas 65% das sujeiras, por isso, é importante usar um sabonete adequado para bebês.
  2. Bebês já podem usar xampus e condicionadores. Isso porque o couro cabeludo e o cabelo do bebê retêm suor, células mortas, sebinhos, poluição, então, o uso desses produtos auxilia na limpeza da cabeleira.
  3. Produtos para adultos não são indicados para o bebê porque podem alterar o PH da pele dos pequeninos, deixando-os mais expostos a fatores externos e doenças de pele.
  4. O melhor momento para a hidratação é nos três minutos após o banho. Ela impede a perda excessiva de água reforçando a barreira cutânea na pele.
  5. Na hora de trocar a fralda, apenas água não retira totalmente os resíduos de fezes da pele do bebê (nesse caso eu gosto de usar água morna com umas gotinhas de sabonete líquido ou toalhinhas umedecidas quando estou fora de casa).

Olha que curioso!

  • A pele do bebê recém-nascido não nasce pronta, demora até 4 anos para se desenvolver plenamente e adquirir suas funcionalidades como a de barreira protetora contra micro-organismos e agentes tóxicos.
  • Todas a camadas da pele (epiderme, derme e  camada subcutânea) são reduzidas na criança se comparadas às do adulto.
  • É por isso que a pele do bebezinho é mais frágil e suscetível a irritações, ressecamentos e infecções.
  • Bebês piscam menos que os adultos e não possuem o mecanismo de defesa para fechar os olhos e impedir que substâncias caiam neles, por isso que os produtos infantis não podem arder ou agredir os olhinhos dos pequenos.

O guia completo você pode acessar aqui.

Ah e aproveitando este post, selecionei um vídeo lindo que a Johnson & Johnson divulgou no último dia das mães sobre o momento mágico da maternidade. Vocês viram? É lindo!

Queridos leitores, espero que essas informações sejam úteis e que ajudem vocês a cuidar bem dos seus filhotes.

Beijos, da Mamãe Prática Fabi

PS: A foto que ilustra este post é da fotógrafa Lu Rodrigues

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.