Estrias na gravidez. Foto: Estudio Lidi Lopez

Estrias durante e após a gravidez

Olá meninas, quem aí sofreu ou tem medo de sofrer com as estrias durante a gestação? No meu caso, eu já tinha (no culote) antes mesmo da gravidez da minha Manuela, mas felizmente não surgiram mais estrias durante a minha gestação, nem mesmo na barriga. Por outro lado, surgiu uma mancha no rosto. É sobre tudo isso que a médica dermatologista Tatiana Aline Steiner, colunista do blog Mamãe Prática, conta tudo pra gente, agora! Com a palavra, a Dra. Tatiana, especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD):

Estrias durante e após a gravidez

Nos meus textos, pretendo abordar alguns problemas de pele que costumam afetar física e emocionalmente as gestantes. Estamos falando de estrias, melasma (manchas escuras na pele) e acne, que são comuns, mas causam angústia e prejudicam a autoestima das futuras mamães. E a grande questão é saber o que é possível usar para ajudar na melhora e prevenção das lesões.

Durante a gravidez, ocorrem algumas mudanças imunológicas, endócrinas, metabólicas e vasculares que fazem com que as gestantes fiquem suscetíveis às alterações na pele.
Ainda que não conheçamos totalmente o efeito que os hormônios exercem, estudos apontam que essas substâncias podem ser responsáveis por muitas das alterações que ocorrem em nossa pele.

As estrias são verdadeiras vilãs e motivo de angústia por parte das gestantes! Uma vez instaladas, dificilmente podem ser removidas de forma completa. Além da mudança de cor, há atrofia com depressão ou elevação do tecido comprometido. No início são rosadas, depois arroxeadas e, finalmente, tornam-se brancas nacaradas.
Este distúrbio afeta 90% das grávidas e pode acometer barriga, mamas, coxas, face lateral dos quadris e bumbum.

As estrias apresentam-se em locais onde houve estiramento excessivo da pele, levando ao rompimento prematuro das fibras elásticas. Sua causa não está completamente esclarecida, mas está relacionada ao aumento de peso, especialmente nas mais jovens. Mulheres que tiveram estrias na puberdade têm mais chance de desenvolvê-las na gravidez. Elas podem surgir a qualquer momento, mas são mais frequentes no terceiro trimestre da gestação.

Como prevenir as estrias na gravidez

A boa notícia é que, durante a gravidez, há maior fluxo sanguíneo, levando ao aumento da absorção de substâncias na pele.

É comum a grávida se queixar de pele ressecada e prurido (coceira). Por isso, a hidratação da pele é fundamental na gestação, quando há aumento da distensão da pele, não só para evitar o ressecamento, mas prevenir a formação de estrias. Portanto, os hidratantes podem e devem ser usados.

Existem vários cremes e produtos específicos que podem ser utilizados nesta fase, sem oferecer risco. Na apresentação “loção” ou “creme”, são os mais comuns e fáceis de espalhar.

Os principais ativos hidratantes são: ureia 10%, ceramida, óleo de amêndoa doce, elastina, reticulina e PCA-NA.

Além da hidratação da pele, que deve ocorrer duas vezes ao dia, é importante evitar o ganho excessivo de peso, seguindo as orientações de seu obstetra e/ou nutricionista. Um programa apropriado de atividades físicas para gestantes também deve ser seguido.

Uma vez estabelecida a presença da estria na gravidez, é preciso aguardar, pois o tratamento só poderá ter início após o parto e o final da lactação. Atualmente, há vários recursos que ajudam a minimizar e suavizar as estrias.

É importante tomar os cuidados necessários e preventivos, mas não deixar de curtir a gravidez, que é um momento especial na vida da mulher.

Sobre os produtos que podem ser usados pelas grávidas, a Dra. Tatiana explica tudo aqui pra gente: “O que pode (ou não) na gravidez: unhas, cabelos e pele”

Dermatologista Tatiana Steiner
Com seu olhar de mãe e médica, a dermatologista Tatiana Aline Steiner participa do blog com conteúdos para ajudar nós, mamães, diante dos desafios da maternidade, como quando nossos pequenos ficam doentes. Tatiana é mãe da Lorena e do Bruno, além de diretora técnica da Clínica DSkin – Unidade de Tratamentos.  Site: www.denisesteiner.com.br

 

Você teve estrias ou está com medo de ter estrias durante a gravidez? Como foi a sua gestação? Deixei seu recadinho aqui nos comentários. Vou adorar ler.

> Quer ler mais sobre gravidez? Acesse aqui!

Beijos, da Mamãe Prática Mari

Foto de abertura (MARAVILHOSA!): Estudio Lidi Lopez

Clube Mamãe PráticaCadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.