Horário de verão e a saúde de nossos pequenos

Toda vez que entramos no horário de verão sofro um pouco, principalmente com a dificuldade para levantar da cama de manhã e com o aparecimento da danada da insônia.  E se nós adultos sentimos as mudanças de horário, imagina as crianças? Veja neste post como tentar minimizar os efeitos da mudança no organismo nos pequenos.

O fato é que sofre mais quem já está mais acostumado com regras de horários. É o que explica a professora Rosemeire dos Santos Vieira, coordenadora da pós-graduação em Enfermagem Pediátrica da Faculdade Santa Casa de São Paulo. “A maior parte das pessoas sofre um impacto negativo com o horário de verão, pois seu ‘relógio biológico’ está adaptado a um horário estabelecido. Nesse sentido, quanto maior a criança, maior será o impacto negativo ou a dificuldade de adaptação dela, pois esta já terá uma rotina interna (orgânica) e externa estabelecidas”, esclarece.

De qualquer forma, nossas crianças passarão a dormir e acordar uma hora mais cedo, o que exige certa adaptação. Por isso, fiquei aqui matutando (risos): o que nós, pais, podemos fazer para ajudar nossos filhos nesses primeiros dias do horário de verão? Vejam as dicas que consegui levantar com a professora Rosemeire e também com o médico Arnaldo Lichtenstein, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Como ajudar seu filho a se adaptar ao horário de verão

Na hora das refeições
– Modificar o horário das alimentações em 30 minutos e orientar a criança sobre o porquê dessa mudança.
– Não deixar a criança trocar refeições por guloseimas ou simplesmente continuar a se alimentar nos horários anteriores. Essa conduta atrasa a sua adaptação. Mesmo que ela ainda não esteja com muita fome, forneça pequenas quantidades de alimentos de sua preferência até que tenha se ajustado.
– Não permitir que seu filho coma demais no jantar ou que durma sem comer, que tome banho muito frio ou muito quente ou, ainda, que leia livros ou assista filmes muito estimulantes nas horas que antecedem o sono.
– Evitar que seu filho consuma café ou chá preto. (Essa dica é para as crianças maiores ou já adolescentes, né?).

Na hora do sono
– Os pais podem promover um período de adaptação, com rituais como leitura de histórias infantis, músicas calmas, banhos relaxantes seguidos de massagens, e evitar que as crianças comam alimentos “pesados” (gordurosos ou cheios de açúcares) antes da hora de dormir.
– Para os dias que antecedem à mudança, fazer a criança dormir a cada dia alguns minutos mais cedo. (Bom, se a mudança de horário já aconteceu, podemos tentar fazer isso também nos primeiros dias do horário de verão, né?)
– Manter o quarto silencioso, escuro e arejado.

Fique ligado!

De acordo com a professora Rosemeire, o horário de verão provoca efeitos diferentes em cada criança, portanto cada uma terá um tempo específico para se adaptar às mudanças. “Se a criança for cuidada adequadamente na família e na escola, o tempo médio de adaptação gira em torno de 7 a 10 dias. Mas é importante que a família ajude a criança a se adaptar e não torne esse momento ainda mais difícil para ela”, orienta.

Ainda segundo Rosemeire, as crianças (assim como os adultos) “vespertinas” sofrem mais com a mudança do horário de verão. Além disso, as consequências dessa hora a menos vão desde falta de apetite, queda do rendimento escolar, sonolência, flutuações do humor, ansiedade, baixa autoestima, lentidão de raciocínio, perda de memória, mau desempenho escolar e predisposição a acidentes. “Essas reações podem apresentar-se em maior ou menor grau, pois cada criança é única e, portanto, reage de forma peculiar”, explica.

Mamães e papais, espero que a chegada do horário de verão seja mais positiva do que negativa aí na sua casa, afinal, depois que a gente se acostuma, é muito bom sair do trabalho ainda “de dia” e curtir os benefícios dessa mudança, né? Aproveitem para, no final do dia, fazer passeios em parques, clubes e praias (se você morar no litoral), mesmo durante a semana.

Beijos, da Mamãe Prática Mari

Foto: Mimo Fotos

logo_clube

Cadastre-se no Clube Mamãe Prática para acompanhar nossos posts e novidades!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.