Como preparar a papinha do bebê

Há alguns meses venho falando aqui no blog sobre diferentes dicas de papinhas para os bebês. Agora o Serginho está com quase nove meses e depois de tantas experimentações, erros e acertos, acredito que encontrei uma maneira mais prática de fazer as papinhas dele.

Como não tenho babá ou empregada fica praticamente impossível preparar todos os dias refeições diferentes para ele (quem tem um bebê agitado sabe como é complicado conseguir fazer alguma coisa com ele junto rs rs).

O Serginho ainda é muito pequeno e os dentinhos estão começando a nascer, por isso, o jeito é ter paciência e se virar nos 30 para preparar as papinhas porque com o tempo ele vai aprender a mastigar e comer coisas mais sólidas, mas ainda é cedo!

5 combinações diferentes 

Bom, o que tem funcionado para mim é fazer num mesmo dia 5 tipos diferentes de papinhas (nesse dia peço ajuda para o maridão ou para as avós ficarem com o pequeno!). Coloco tudo em potinhos com tampas de cores diferentes (para eu saber diferenciar os sabores depois) e deixo tudo no congelador.

Geralmente as cinco panelas rendem até 30 porções, o que correponde a 15 dias de almoço e janta (sempre deixo o potinho para descongelar e depois esquento no fogão e não no microondas). O bom nesse caso é que ganho tempo, pois não preciso fazer as papinhas todos os dias e também posso variar o que o Serginho come em cada refeição.

Como preparo as papinhas

  • Como base para a papinha sempre uso um pouquinho de cebola e alho amassados com um fio de óleo. Também coloco um pouco de tomate sem pele picadinho, salsinha e cebolinha. Com esse temperinho as papinhas ficam mais saborosas.
  • Para deixar a papinha bem nutritiva coloco diferentes legumes, verduras, proteínas e tubérculos/ carboidratos.
  • Em cada panela coloco uma proteína para cozinhar junto com os legumes, como frango ou carne. Depois tiro  a carne da papinha antes de terminá-la.
  • Aproveito para desfiar o frango e a carne que foram cozidos. Aos poucos estou oferecendo, em separado, carne branca e vermelha para o Serginho experimentar, mas ele ainda não consegue mastigar muito.
  • A cada semana cozinho um tipo de leguminosas, como feijão ou lentilha, e dou para o bebê comer junto com a papinha do almoço.
  • Pelo menos uma ou duas vezes por semana cozinho um ovo e dou a gema para o bebê junto com a papinha.
  • Costumo fazer cinco combinações diferentes com base na “tabela para preparação de papinhas”  para crianças a partir dos sete meses, sugerida pela pediatra do meu bebê.

Tabela para preparação das papinhas
Proporção recomendada: 3:2:1:1:1

CEREAIS/
TUBÉRCULOS

LEGUMES

PROTEÍNAS

VERDURAS

LEGUMINOSAS

Batata

Cenoura

Músculo

Espinafre

Feijão

Mandioquinha

Vagem

Frango

Alface

Ervilha

Mandioca

Beterraba

Fígado
ou coração

Brócolis

Lentilha

Cará ou Inhame

Chuchu

Pescada ou cação

Agrião

Grão de bico

Milho

Abobrinha

Gema
de ovo

Almeirão

Soja

Macarrão

Abóbora

 

Couve

 

Arroz

Couve-flor

 

Mostarda

 

Arquivo em PDF para imprimir este quadro: Tabela_papinhas_mamaepratica

Dica de livro digital
Para finalizar, deixo a sugestão para você conhecer o e-book “O Manual das Papinhas”, da especialista em Nutrição Materno-Infantil Andréa Alves, que faz bastante sucesso entre as mamães. Esse é um material super completo que aborda tudo sobre a alimentação do bebê, além de dicas e receitas para facilitar o nosso dia a dia.

Espero que a minha experiência te ajude no desafio de fazer as papinhas do seu filhote. Gostou das dicas? O que você costuma fazer diferente? Conte pra gente!

Beijos, da Mamãe Prática Fabi

10799609_753530831384867_836884265_nCadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

 

8 comentários em “Como preparar a papinha do bebê”

  1. Olha eu sempre dou uma passadinha aqui no blog pra aprender algo novo. E lendo o post da primeira ida ao dentista achei esse aqui, e tenho pesquisado bastante sobre papinha pq o meu bebe tem 3 meses e quero ter uma boa noção qdo Clarice tiver que comer papinha. SENSACIONAL ESSA TABELA ! Até vou usar comigo ! Pq eu deixo algumas coisas prontas assim posso variar o cardápio! Parabens ao blog. Ahhh coloquem a tabela em pdf pra gente imprimir!

    1. Oi Sara, fico muito contente que o blog está sendo útil para você! A ideia é realmente poder ajudar as nossas leitoras com dicas práticas e informações bacanas. Atendendo ao seu pedido, já colocamos no post a tabela em PDF para poder imprimir. Obrigada pelo comentário e continue acompanhando a gente, beijos, Fabi

  2. Tbm congelo.
    Eu faço e coloco as sopinhas em potes pequenos e coloco etiquetas especificando os ingredientes e a data. Faço os grãos e separo tbm em potes menores, aí eu diversifico diariamente.A proteína eu cozinho sempre com a verdura, e congelo em formar de gelo com tampa e depois de desenformar eu coloco em potes. Assim eu escolho o que ela vai comer no dia.
    Ah! Pico os legumes no processador antes de cozinha. Aí é só deixar cozinhar bem. Nem precisa amassar. Não coloco nem sal e nem óleo nos refogados. Uso alho, cebola e água. As verduras eu uso salsa, cebolinha e até hortelã. Fica super gostosa e ela devora tudo!

    1. oi Valdiluce, tudo bem? Obrigada pelo seu comentário! Gostei da sua dica de colocar etiquetas com os ingredientes e a data, imagino que facilita no dia a dia. Que bom que a sua filha come bem, parabéns! Beijos, Fabi

    1. Ha ha ha olá Malu! Fico muito feliz que o post tenha sido útil para você 🙂 continue acompanhando a gente, beijos, Fabi

  3. Olá. Muito boa a matéria, mas fiquei com uma dúvida. Vc descongela um pote grande, mas seu filho não come tudo. Como vc faz? Congela novamente ou da várias vezes a mesma papinha até terminar?

    1. oi Deysiane! Não, uma vez descongelada a papinha não se deve congelada novamente devido ao risco de contaminação, perda de nutrientes, sabor etc. O ideal é você usar potes pequenos, assim cada pote corresponde a uma refeição. De qualquer forma, se sobrar por exemplo no almoço você pode até guardar na geladeira e oferecer na janta, mas não mais que isso.
      Temos um post super completo sobre congelamento das papinhas. Veja só:
      – Como congelar corretamente a papinha do bebê (12 dicas práticas)
      https://mamaepratica.com.br/2016/07/14/papinha/

      Beijos e espero ter ajudado! Mamãe Prática Fabi

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.