Diabetes infantil: como prevenir

Como hoje é o Dia Mundial de Conscientização do Diabetes, achei interessante compartilhar com vocês esse post com dados da doença e um alerta que tem sido feito pelos profissionais de saúde sobre o aumento do diabetes entre crianças.

Segundo dados do Ministério da Saúde, uma em cada três crianças está com sobrepeso ou obesa e esse quadro associado ao sedentarismo e a hábitos alimentares ruins contribui para o aumento do diabetes entre os pequenos.

A endocrinologista Daniela Martins, do Centro Médico de Cerquilho (SP), explica que o diabetes é uma doença crônica que, se não tratada, pode levar a complicações cardiovasculares (infarto e derrame), problemas renais, comprometimento da visão e da vascularização dos nervos dos pés ou das mãos. “O diabetes tipo 1 é o mais comum entre as crianças, entretanto, devido ao aumento da incidência da obesidade infantil, a ocorrência de diabetes tipo 2 nesta faixa etária está aumentando consideravelmente”, diz a médica.

O diabetes tipo 1 corresponde a 5 a 10% dos pacientes diabéticos e é causado pela destruição das células do pâncreas, provocando deficiência na produção da insulina (hormônio que regula a glicemia no sangue). Já o diabetes tipo 2 (diretamente relacionado ao sobrepeso e a obesidade) corresponde a 90 a 95% dos casos e é ocasionado por defeitos na secreção e ação da insulina. O corpo até produz o hormônio, mas não em quantidade suficiente, aumentando a quantidade de glicose na corrente sanguínea.

Diagnóstico
O diagnóstico do diabetes infantil é feito por meio da aferição dos níveis de glicemia, realizado via exame de sangue, em jejum. Resultados menores que 100 mg/dL são considerados normais; entre 100 e 125 mg/dL são classificados como pré-diabetes e acima de 125 mg/dL, apontam diabetes.

Sintomas
Nem sempre os sintomas são aparentes, mas os mais comuns são bastante sede, aumento da fome, perda de peso, aumento da necessidade de urinar, mal estar, sonolência, fraqueza, tonturas, câimbras e formigamentos.

Encontrei essa animação bem bacana do Hospital Israelita Albert Einstein que explica o que é o diabetes infantil:

Prevenção 
O estilo de vida saudável é a principal forma de prevenir e controlar a doença:

  • Estimule seu filho à praticar regularmente atividades físicas (jogar bola, nadar, correr, fazer judô, dançar… tem muitas opções para a criançada mexer o corpo e sair do videogame!)
  • Ofereça sempre frutas, verduras e legumes frescos, garantindo uma alimentação saudável e equilibrada (invista em pratos coloridos com 5 cores e criativos)
  • Diminua o consumo de açúcar, frituras e gorduras (deixe o doce só para o final de semana!)
  • Mantenha as refeições das crianças em horários regulares e não pule nenhuma refeição, principalmente o café-da-manhã (crie uma rotina saudável)
  • Na dúvida, converse com o seu pediatra ou procure um médico endocrinologista para avaliar e orientar sobre a saúde do seu filho

Queridos leitores, todo mundo sabe que é importante ter hábitos saudáveis, mas sei que nem sempre a gente consegue colocá-los em prática, não é? Por isso, é sempre bom lembrar que não adianta querer que seu filho adote esses hábitos se o resto da família não der o exemplo… todos precisam mudar 😉

Beijos, da Mamãe Prática Fabi

Foto: Martha Jane Cordell/freeimages

logo_ClubeMamaePratica

Cadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.