Arquivo da categoria: Saúde

Escova elétrica. Será que é boa?

Este novo post da nossa colunista Milena Louzas traz um tema muito interessante: o uso da escova elétrica para fazer a escovação dos dentes das crianças! Será que é mais eficiente do que usar a escova tradicional? Com a palavra, a odontopediatra:

Escova elétrica. Será que é boa?

Seu filho vive pedindo uma escova elétrica? E aí? Será que ela é boa mesmo?

As escovas elétricas removem muito bem a placa bacteriana e têm sido comprovadamente mais eficientes quando comparadas às escovas comuns nas pesquisas in vitro (em laboratório) e nas pesquisas em que o cuidador realiza a escovação. Já nas pesquisas em que a escovação é realizada pelo próprio paciente a melhora é clinicamente insignificante.
Continue lendo Escova elétrica. Será que é boa?

Como e por que desenvolver a autonomia de seu filho

Você é do tipo de mãe que não deixa seu filho pequeno ajudar em casa? Você evita que seu filho tente fazer com você tarefas simples como dar comida ao cachorro, por exemplo? Pois saiba que ajudar nas atividades rotineiras da casa ajuda as crianças a se desenvolverem, como já mostrarmos aqui.

Ao estimularmos nossos filhos a nos ajudarem na cozinha ou a arrumar a casa, por exemplo, estamos contribuindo para que eles desenvolvam habilidades motoras e de cognição. Além disso, não é indicado os pais fazerem tudo por eles, pois desta forma não estarão incentivando-os a tomarem iniciativas, conforme explica a terapeuta ocupacional Raquel Jaskulski. “Acima de tudo, os pais devem encorajá-los a tentar [vencer] pequenos desafios que eles possam fazer”, orienta Raquel, que também é autora da FanPage Mamãe Cria e Brinca e do IG @mamaecriaebrinca no Instagram.
Continue lendo Como e por que desenvolver a autonomia de seu filho

Natação para bebês

Faz tempo que eu estava querendo escrever esse post e agora, finalmente, consegui parar para contar um pouco sobre as aulas de natação do Serginho! Quem me conhece sabe que eu amooo nadar e onde tem piscina ou mar eu tô lá dentro (risos).

Quando o Serginho completou um ano comecei a levá-lo na aulinha de natação para bebês. Já faz seis meses e a cada dia que passa ele está mais adaptado com a piscina. Ele gosta tanto que não quer sair da água kkk (quem será que ele puxou??).

Até ele fazer dois anos de idade as aulas podem ser junto comigo (um momento muito gostoso para curtir entre mãe e filho!), já que depois de dois anos as crianças entram sozinhas na piscina com os professores.

Pensando nas nossas mamães leitoras que estão na dúvida se devem ou não levar seus bebês para a natação, conversei com a professora do Serginho, a querida Mara Guilherme, educadora física da Academia PH5 Fit, de São Paulo, que esclareceu tudo sobre o tema. Veja que bacana!

aula
Serginho com a prô Mara e os coleguinhas

Continue lendo Natação para bebês

Rotina de sono: corrigindo problemas

Sabe a tal Lei de Murphy? Então, foi isso que aconteceu por aqui algumas semanas depois que publiquei o post “Como ensinar o bebê a dormir sozinho” em que eu contava como, até então, o Serginho dormia super bem (risos). Tudo desandou e as nossas noites de sono (que eram tranquilas) passaram a ser terríveis!

Serginho começou a não querer dormir no quarto dele, acordava várias vezes na madrugada, chorando e até berrando (o que nunca tinha feito antes). Cheguei a pensar que ele estava tendo pesadelos! Foi então que eu parei para analisar o que estava acontecendo e a ficha caiu: tínhamos mudado, sem querer, a nossa rotina de sono!

Continue lendo Rotina de sono: corrigindo problemas

Criança com febre: o que fazer

Olha, se tem uma coisa que me deixa angustiada é quando o Serginho tem febre, principalmente se for uma febre persistente e que volta de madrugada. Já saí correndo para levá-lo no pronto socorro antes do sol nascer porque dá um desespero. Com você também é assim?

Como esses dias o pequeno teve novamente febre por causa de uma bronquite (e esse é outro causo que vou falar depois aqui no blog), aproveitei para pesquisar o assunto e tentar entender melhor o que a bendita febre significa.
Continue lendo Criança com febre: o que fazer