Arquivo da tag: educação alimentar

Seletividade alimentar: por que não rotular a criança?

Olá mamãe! Você sabia que a seletividade alimentar das crianças é algo bastante complexo? Ela é tão complexa que, em muitos casos, recomenda-se um diagnóstico e acompanhamento multidisciplinar da criança, envolvendo profissionais como nutricionistas, psicólogos, pediatras e fonoaudiólogos, por exemplo.

Ao mesmo tempo, é comum as crianças terem preferências alimentares, assim como os adultos. Pense em você mesma: o que você gosta e o que não gosta de comer?
Continue lendo Seletividade alimentar: por que não rotular a criança?

5 formas de conexão com seu filho por meio da refeição

Olá meninas! Você costuma dizer “meu filho não come”? Chegou a hora do almoço e é aquela confusão: gritaria de um lado e choradeira do outro. Se a sua rotina anda assim, chegou a hora de parar para refletir de que forma anda seu vínculo com seu filho.

Continue lendo 5 formas de conexão com seu filho por meio da refeição

Alimentação: dez dicas para manter boa comunicação com seu filho na hora da refeição

A alimentação infantil lúdica e afetiva tem sido tema constante aqui no blog. Se você já nos acompanha há bastante tempo já teve ter ouvido falar também dos nossos outros dois projetos, o curso online do Criando AMORas (onde a Mari atua como coach de mães e mentora em Conexão Mães e Filhos Por Meio da Alimentação Saudável) e a Loja Mamãe Prática, da Fabi, que tem como tema a Cozinha Divertida).

Continue lendo Alimentação: dez dicas para manter boa comunicação com seu filho na hora da refeição

Posts + lidos: Crianças com colesterol alto

Nutricionista traz dicas de substituições e lanches para crianças com colesterol alto

Crianças que têm muita resistência na hora de comer frutas e verduras, mas que adoram alimentos industrializados. Será que aí na sua casa você também enfrenta esse problema? Cuidado, o seu filho (magrinho ou gordinho) pode estar com colesterol alto! “Criança magra não é sinônimo de criança saudável, pois neste caso ela pode comer pouco, mas alimentos pobres em nutrientes e ricos em gorduras”, explica a nutricionista Luciane Gonçalves de Lima, conselheira do Conselho Regional de Nutricionistas 8ª Região (CRN-8)

A situação é mais comum do que a gente imagina. E uma das explicações é o modo de vida da sociedade atual e a alimentação adotada por grande parte dos brasileiros. Para Luciane, que também é professora do Curso de Nutrição da Faculdade Evangélica do Paraná e autora do livro Alimentação infantil: receitas nutritivas e equilibradas (Ed. Juruá), o consumo exagerado de produtos industrializados é o principal responsável pelos casos de obesidade, diabetes, hipertensão e colesterol alto entre crianças e adolescentes. “Além da quantidade elevada de conservantes, aromatizantes e outros químicos, responsáveis por alergias e problemas gastrointestinais, a falta de fibras dos alimentos industrializados pode causar constipação. Muitos produtos também contêm altas taxas de sódio, caso dos refrigerantes e do macarrão instantâneo, que causam retenção de líquidos e pressão alta”, alerta.

Continue lendo Posts + lidos: Crianças com colesterol alto

7 maneiras para lidar melhor com a criança que não come

Enquanto o meu sobrinho, o Serginho, é bom de garfo e come rapidinho, uma colherada atrás da outra, a minha Manuela ENROLA, enrola tanto a ponto de a gente perder a paciência. Sim, perdemos muito a paciência com ela na hora da refeição. Mas, será que não é a gente que está querendo apressá-la demais? Será que, simplesmente, esse é o ritmo dela e a gente precisa respeitá-lo? Ou será que daria para tentar evitar que ela ficasse tão distraída durante as refeições?

Continue lendo 7 maneiras para lidar melhor com a criança que não come