homeopatia

Homeopatia: mitos e verdades que as mães precisam saber

Olá meninas, falar sobre a saúde de gestantes e crianças faz parte da rotina do blog Mamãe Prática. Por isso, hoje vou contar pra vocês sobre algumas das informações mais importantes que nós, mamães, precisamos saber sobre a homeopatia e, principalmente, como ela pode ajudar nossos filhos a superarem diversas doenças.

São muitos os mitos. Segundo o médico pediatra e homeopata Sérgio Eiji Furuta, presidente da Associação Paulista de Homeopatia, não é verdade, por exemplo, que o tratamento homeopático leva mais tempo para apresentar resultados.

Ele ressalta que a homeopatia é reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) como uma especialidade médica e incentivada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) a ser implantada em todos os sistemas do mundo. Saiba mais sobre os mitos e verdades, de acordo com o médico:

Mitos e verdades sobre a homeopatia

Não é preciso receita médica para usá-la. MITO
Alguns medicamentos devem ser prescritos e necessitam de receita para compra.

Homeopatia pode ser usada concomitantemente a medicamentos alopáticos. VERDADE
Desde que os alopáticos tenham uma prescrição correta, levando em conta os efeitos colaterais, ambos podem ser tomados de forma simultânea, sem ter interferência nas ações.

O tratamento homeopático leva mais tempo para apresentar resultados. MITO
Essa afirmação não é verdade, já que os resultados variam de acordo com fatores externos, como o tempo da doença, a idade e o organismo do paciente.

Não existe idade determinada para usar os medicamentos homeopáticos. VERDADE
A homeopatia é indicada para qualquer idade, de crianças a idosos. E as crianças apresentam mais sensibilidade ao tratamento homeopático e excelente resposta em diversas patologias como gripes e resfriados, rinites e sinusites, tosses e até mesmo em distúrbios do sono.

>> Leia também “Rinite alérgica: o que toda mãe deveria saber”

O tratamento homeopático pode ser usado em doenças crônicas e agudas. VERDADE
Não existe restrição quanto ao tratamento. Além de ser usado em doenças crônicas e agudas, é também uma medicina preventiva, já que atua profundamente no organismo melhorando o funcionamento do sistema sem causar qualquer desconforto.

Então, como a homeopatia é utilizada no caso de bebês e crianças pequenas? Veja as nossas dúvidas respondidas pelo pediatra Sergio Eiji Furuta:

6 perguntas-chave sobre a homeopatia em crianças

1. Como a homeopatia trabalha a imunidade de bebês e crianças que ainda estão com seu sistema imunológico em formação?
Na homeopatia clássica, Hahnemaniana, costuma-se determinar o remédio individualizado do paciente baseado nas características marcantes, comportamentais e físicas. Este remédio conhecido como de “fundo” poderia melhorar o equilíbrio físico e mental do paciente.

2. As crianças que fazem esse tipo de tratamento  têm menos gripes e resfriados?
Sim, conseguimos essa melhora de resistência.

3. Em quanto tempo a homeopatia poderá fazer efeito no caso dessas crianças (até 4/5 anos)?
O tratamento homeopático não é demorado, pode até ser imediato.

4. Quais doenças são mais indicadas tratar com homeopatia no caso das crianças pequenas?
Doenças de causa alérgica, respiratórias, infecciosas e comportamentais. Devo ressaltar que a homeopatia é uma excelente opção para tratar a dor de barriga dos bebês com idade abaixo dos 4 meses.

5. A rinite também pode ser tratada com homeopatia? Quais os efeitos nas crianças com rinite?
Sim, uma das grandes indicações [é tratar a rinite] com a grande vantagem dos medicamentos não causarem reações colaterais indesejáveis.

6. E no caso das crianças com bronquite e asma?
As crianças com asma apresentam uma rápida e duradoura melhora, sendo que os remédios homeopáticos poderiam a curto ou médio prazo substituírem os convencionais, que as mães têm muito receio de dar aos filhos por muito tempo (cortisonas). A homeopatia possui opções de tratamento para casos agudos e crônicos.

7. Como é o tratamento atual em crianças pequenas? Como são formuladas as medicações?
As medicações para crianças pequenas são na apresentação gotas.

Meninas, espero que este post esclareça as suas dúvidas sobre homeopatia no tratamento de bebês e crianças. Ficou alguma dúvida? Deixe sua pergunta aqui nos comentários.

Beijos, da Mamãe Prática Mari

Foto: freeimages.com/Aneta Blaszczyk

Clube Mamãe PráticaCadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

2 comentários em “Homeopatia: mitos e verdades que as mães precisam saber”

  1. Adorei a postagem.
    Vou buscar ajuda na homeopatia para minha filha poder dormir a noite inteira. Tem 1 anos e 7 meses e ainda acorda na madrugada. ☹

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.