menina sorrinho

Como aliviar os incômodos dos primeiros dentinhos

Quem tem bebê sabe como eles ficam irritados e chatinhos quando os primeiros dentes começam a nascer. Lembro bem como meu filho Serginho ficava incomodado nessa fase, bastante choroso, salivava muito e vivia com a mão na boca, tentando coçar a gengiva.

Geralmente, os primeiros dentes surgem entre seis meses e 1 ano e os principais sintomas que o bebê pode apresentar são irritabilidade, excesso de saliva, inchaço na região da gengiva, alteração do apetite e até mesmo febre (não muito alta). Em alguns casos, o nascimento dos primeiros dentinhos também pode estar associado a fezes mais amolecidas, diarreia e alterações do sono.

Segundo o odontologista Sérgio Kignel, que é especialista em Estomatologia, o nascimento dos dentes posteriores (molares) acontece entre os 18 e 36 meses e somente a partir dos seis anos é que os dentes de leite (chamados decíduos) irão cair para dar espaço aos permanentes. Sobre a limpeza bucal, ele aconselha: “Desde os primeiros dias de vida, a cavidade bucal do recém-nascido deve ser higienizada com gazes umedecidas. Na fase de introdução de alimentos, dedeiras de silicone podem ser utilizadas para escovação e alívio das coceiras na gengiva. Além disso, a criança já aprende desde cedo a importância do asseio bucal”.

Dicas para aliviar os incômodos da primeira dentição:

  • Ofereça mordedores de silicone para o bebê (verifique na embalagem qual a fase recomendada). Além de aliviar a coceira, os mordedores ajudam a rasgar a gengiva.
  • Deixe os mordedores um pouco na geladeira antes de dar para o bebê. As temperaturas frias anestesiam a região e aliviam a dor.
  • Faça massagens na gengiva do bebê utilizando uma gaze ou dedeira de silicone. É muito importante higienizar corretamente as mãos antes de fazer o procedimento!
  • Alimentos frios e gelados também amenizam as dores, mas devem ser administrados com moderação para evitar que o bebê fique doente.
  • Em casos extremos, o médico pediatra pode receitar analgésicos ou pomadas tópicas. O ideal é não utilizar medicação sem prescrição, pois sem a avaliação do peso e idade do bebê, alguns componentes podem provocar reações alérgicas e hemorrágicas.

Também encontrei na internet esse vídeo com a odontopediatra Jael Henrique de Melo sobre o tema:

Meninas, aqui em casa essas recomendações funcionavam com o Serginho. Percebia que ajudavam mesmo a aliviar o desconforto dos primeiros dentinhos nascendo. Ah vale lembrar que é sempre bom consultar o pediatra ou odontopediatra do seu filho.

Beijos, da Mamãe Prática Fabi

Foto: Mimo Fotos

10799609_753530831384867_836884265_n Cadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *