Como ensinar o bebê a dormir sozinho (+ lidos 2015)

Sono do bebê! O 2º lugar no nosso ranking dos 10 Posts Mais Lidos de 2015 foi para este post sobre como ensinar o bebê a dormir sozinho, de forma tranquila e gradual. Não existe uma fórmula mágica e cada bebê “funciona” de uma forma, mas fico feliz em ajudar outras mamães ao contar um pouco da minha experiência. Vem ver:

Há meses que o post “Como fazer o bebê dormir a noite toda”, escrito pela Mamãe Prática Mari, está na lista dos mais lidos aqui no blog. Certamente porque este é um dos temas que mais preocupa (e aflige) as mamães e os papais, principalmente os de primeira viagem.

Como a minha experiência tem sido um pouco diferente da Mari (aliás bem melhor rs rs) resolvi contar aqui também como meu filho passou a dormir a noite toda de forma tranquila e natural.

Primeiramente, acredito que diversos fatores podem interferir e influenciar no sono dos bebês como o ambiente da casa/ quarto, a rotina da família, se a criança tem muita cólica, se fica doentinha com frequência (tosse ou coriza, por exemplo, atrapalham bastante) ou até se os dentinhos estão nascendo.

Posso dizer que nessa área eu tive muita sorte! Hoje o Serginho está com quase 1 ano e meio e desde os seis meses, mais ou menos, dorme a noite toda. Hoje ele dorme entre 21:30 e 22:00 e acorda entre 08:00 e 09:00 todos os dias. Mesmo quando bebezinho nunca foi uma criança que acordava muitas vezes para mamar ou chorando bastante. Claro que tivemos (e ainda temos) fases ruins, mas no geral tem sido mais calmo do que eu imaginava.

O segredo?  Bom vou listar aqui o que fiz para criar uma rotina de sono para o Serginho e como o ensinei a dormir sozinho (sem o peito ou balançando demais). Espero que minha experiência possa te ajudar!

1 – Dia x noite
Desde os primeiros dias do nascimento do Serginho tive a preocupação de diferenciar o que é o sono do dia do sono da noite. Até hoje quando ele tira uma sonequinha pela manhã ou a tarde eu o deixo dormir no quarto com claridade (não fecho a cortina) e não imponho silêncio absoluto na casa.

2 – Dormir no berço
Sei que alguns pais são a favor da cama compartilhada, mas eu preferi não fazer isso porque tinha medo de machucar o bebê ou dele cair. Até quase três meses o Serginho dormiu no nosso quarto, mas no carrinho de passeio ou num bercinho. Depois ele passou a dormir no berço no quarto dele e eu usava uma babá eletrônica para ver se ele estava bem.

3 – Bebê dormindo de madrugada
Nunca acordei o Serginho para mamar de madrugada, mesmo nos primeiros meses (somente durante o dia se passava de três horas que ele estava dormindo). Sempre o deixei acordar naturalmente para mamar. Com o tempo os horários dele mamar na madrugada foram espaçando.

4 – Chupeta só para dormir
Confesso que foi difícil dar a chupeta pra ele. Eu não queria porque sempre ouvi falar dos malefícios, mas chegou um momento que percebi que ele precisava sugar sempre algo, além de ficar muito irritado e agitado. Então acabei dando a chupeta e realmente ele se acalmou. Mas a minha estratégia foi associar a chupeta somente com a hora de dormir e deu certo porque durante o dia ele nem lembra da chupeta. Agora já estou pensando em como fazer ele perder perder o hábito da chupeta… (PS: o uso da chupeta é muito polêmico, existem muitas linhas contra, por isso, sugiro que você analise com calma a decisão de dar ou não chupeta para seu filho )

5 – Aconchego se está chorando
Sei que existem algumas técnicas que recomendam que a gente deixe o bebê chorar (mesmo berrando) no berço porque uma hora ele vai dormir. Eu nunca fiz isso! Quando ele começava a chorar eu trocava a fralda, dava de mamar e o colocava de novo para dormir. Se ele acordasse chorando eu o pegava e balançava um pouco no colo para acalmá-lo, andava pelo corredor se fosse preciso, e punha ele de novo para dormir. No começo fazia isso várias vezes na mesma noite. Eu também fazia baixinho um som que dizem que lembra o som do útero: shiiii shiii shiii

6 – Rotina de sono
Desde sempre mantenho uma rotina para a hora de dormir que funciona bastante com o Serginho. É bem simples: banho gostoso e morninho + colocar pijama + tomar leitinho + aconchego no colo (às vezes ando um pouquinho no quarto com ele no colo). Em seguida, o coloco no berço, faço carinho e falo pra ele que é “hora de nanar” e que “amanhã tem mais” (falo bem baixinho quase sussurrando).

Mesmo quando ele não dorme rapidinho costuma ficar sonolento e me olha quietinho (risos). Então, eu saio do quarto dele e volto dali uns minutinhos, se ele estiver acordado faço carinho novamente e digo que é “hora de nanar”. Ele entende que é hora de dormir e em poucos minutos dorme sozinho.

Bom, mas se acontece de ele estar muito agitado, levo o pequeno para a minha cama e fico com ele até que comece a pegar realmente no sono.

Queridos leitores, vocês estão passando alguma dificuldade para fazer o bebê dormir? Espero que minhas dicas podem te inspirar a criar uma boa rotina de sono (do seu jeito) para seus filhos. Boa sorte!

Beijos, da Mamãe Prática Fabi

Foto: Mamãe Prática

logo_ClubeMamaePratica

Cadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

5 ideias sobre “Como ensinar o bebê a dormir sozinho (+ lidos 2015)”

  1. Adorei seu post! Eu, como vc também tenho sorte com meu baixinho que se chama Arthur. Desde pequenininho ele é bonzinho, está com 7 meses e desde os 4 meses dorme a noite toda. Engraçado que sou mãe de primeira viagem, e como vc uso o mesmo método rss nós mulheres realmente nascemos sabendo ser mãe viu! Bjoks para todas as mamães e excelente 2016!!!

    1. oi Sandra, fico feliz de saber que você gostou do post! Acho que é tudo um pouco de sorte, instinto materno e aprendizado (risos). Beijos, Fabi

  2. Olá meninas meu nome é fabricia sou de redenção tenho 23anos e sou mãe de primeira viagem meu bebê chama-se Ysreel ele tem três meses e não quer dormir sozinho e quer estar nos braços direto não sei o que fazer meajudem porfavor acho que estou fazendo tudo errado

    .

    1. oi Fabrícia! Primeiro parabéns pelo seu bebezinho 🙂 Olha, seu filho ainda é muito pequeno e vocês ainda estão se conhecendo. Sei como no começo é difícil, a gente fica muito insegura e preocupada. Penso que é normal isso que você está vivendo, seu filhote é bem novinho e o processo de aprendizado no sono é gradual, geralmente leva um ano para o bebê dormir mais horas seguidas, aos poucos. Também tem a questão da separação da mãe, ele se sente seguro com você, isso é natural. Temos alguns posts que falam sobre a rotina do sono e talvez possam te ajudar:
      O sono do bebê nos primeiros meses: https://mamaepratica.com.br/2015/10/08/o-sono-dos-bebes-nos-primeiros-meses/
      O sono do bebê e a expectativa dos pais: https://mamaepratica.com.br/2015/08/28/o-sono-dos-bebes-e-a-expectativa-dos-pais/
      A evolução do sono das crianças: https://mamaepratica.com.br/2013/11/12/a-evolucao-do-sono-das-criancas/
      Olha, tenho certeza que você não está fazendo nada errado. É tudo um processo de aprendizado e não tem o certo e o errado. Aos poucos você vai encontrar o melhor caminho, o que funciona melhor para você, sua família e seu bebê. Beijos e boa sorte querida! Fabi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *