Arquivo da tag: como dizer não às crianças

Como educar sem precisar bater ou colocar de castigo

Confesso que às vezes acabo “brigando” demais com a minha pequena de 2 anos. Será que toda mãe é assim? Por isso, comecei a refletir sobre nós, pais, que acabamos repreendendo demais nossos filhos. Qual a consequência de dizer tantos “nãos”? Exagerar na dose pode torná-los inseguros?

Para a psicóloga infantil Ana Flávia Fernandes, autora do blog Terapia de Criança e colunista do blog Mamãe Prática, corrigir o comportamento das crianças é realmente um grande desafio para os pais. “Esse é um dos aspectos mais eficientes da educação dos pequenos quando utilizado com respeito, amor e consciência”, afirma.
Continue lendo Como educar sem precisar bater ou colocar de castigo

Mamãe no Divã: Como lidar com o fantasma do “não”

Queridas leitoras, o texto deste mês da psicóloga Dery Leão é sobre um assunto que aflige muitos pais: dizer não aos filhos. Ela exemplifica situações vividas por algumas mães e explica a importância de dizermos “não” aos nossos filhos. Vale a leitura deste artigo muito esclarecedor! Com a palavra, Dery Leão:

O fantasma do “não”

Gostaria de convidar todos vocês, mamães e papais, para uma conversa a respeito do medo de frustrar os nossos filhos! Sim, recebo muitos pais que ao dizerem “não” aos seus filhos sentem-se muito culpados e malvados. Eles têm a fantasia de que possam estar causando algum dano no desenvolvimento da criança.

Continue lendo Mamãe no Divã: Como lidar com o fantasma do “não”

5 dicas para dizer “não” às crianças

Quando a criança completa um aninho e então começa a engatinhar e andar pela casa, surgem os primeiros “nãos” que os pais precisam dizer a ela. “Não” para não abrir as portas dos armários, para não mexer no cachorro, para não colocar algo na boca e por aí vai. Com o tempo, nosso filho se dá conta de que esses “nãos” são realmente muito sérios e que ele nem sempre vai ser atendido em tudo o que deseja. Surge a frustração, acompanhada de muito choro e episódios de birras. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), dos dois aos três anos, a birra é muito frequente.

Continue lendo 5 dicas para dizer “não” às crianças