Estimule seu filho a se mexer

O título deste post pode parecer estranho para você, afinal, crianças normalmente são muito ativas, não é mesmo? Nem sempre. Infelizmente elas estão ficando cada vez mais sedentárias, e isso a comunidade científica já percebeu há muitos anos.

Segundo o artigo “Atividade Física em Crianças – Uma visão realista”, divulgado em junho de 2010 na revista da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso), um levantamento realizado em Londres mostrou que as pessoas caminhavam 63 milhas a mais em 1975 quando comparado a 2003, uma redução do gasto energético que contribui significativamente para o aumento de peso em adultos e crianças.

Não estimuladas pelos pais a serem mais ativas, as crianças não querem mais brincar de esconde-esconde ou de pega-pega; elas querem se divertir com seus polegares, ou seja, é muito mais “pop” brincar no computador, no tablet ou no smartphone. O resultado disso é o crescimento no número de crianças obesas ou com sobrepeso e que precisam até tomar remédio para pressão e outros problemas.

O ser humano está cada vez mais sedentário. A médica doutora em Endocrinologia Rosana Radominski, ex-presidente da Abeso e autora do artigo mencionado, aponta que as principais atividades realizadas pelas pessoas, em todo o mundo, são dormir, comer, ver TV, jogar no computador e ouvir música. Segundo ela, assistir televisão, independente da idade, aumenta o Índice de Massa Corporal (IMC). “O grande problema é que ver televisão está associado com maior ingestão alimentar. Um trabalho realizado no Brasil mostrou que nos horários em que as crianças veem televisão é quando as propagandas são fundamentalmente do grupo de gorduras, açúcares e doces, então, além das crianças terem um menor gasto metabólico, são estimuladas a ingerirem alimentos com alta densidade calórica”, explica no artigo.

Por isso, o blog Mamãe Prática faz um apelo para que os pais incentivem seus filhos a se mexerem. Mais do que colocar seus rebentos em caríssimas aulas de natação, dança ou futebol, incentive-os a brincar de maneira ativa. Isso mesmo. Ao invés de permitir que fiquem horas a fio no computador ou em frente à televisão, mostre a eles como é divertido brincar como antigamente.

Vamos lá! Lembre-se das brincadeiras da sua infância (amarelinha, dança das cadeiras e corre cotia, por exemplo), chame os amigos de seu filho e mãos à obra!

Clique aqui e veja o post com sugestões de brincadeiras que vão fazer seu filho gastar muitas calorias.

Beijos da Mamãe Prática Mari

Foto: Mimo Fotos

Você também pode gostar de ler:
– “Incentive seu filho a brincar

clubeCadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.