Pouco leite materno

Como estimular a produção do leite materno

Olá meninas! O que fazer se você desconfiar que não está produzindo leite materno suficiente para o seu bebê? Em primeiro lugar, é preciso se manter confiante e segura e acreditar que você é capaz de produzir leite. Segundo a nutricionista Rosane Baldissera, consultora em amamentação de Porto Alegre (RS), essa é a melhor receita para as mamães que querem amamentar.

Outra dica de Rosane é procurar ajuda de um profissional especializado, e acredito que ela está certíssima, pois foi assim que consegui amamentar a minha filha até quase 1 ano e meio, como já contei aqui.

Mas a gente ainda precisa de mais dicas, não é mesmo? Por isso, pedi para a Rosane elencar algumas orientações práticas do que fazer se a produção de leite materno não parecer suficiente. Vejam as recomendações da consultora para as leitoras do blog Mamãe Prática:

Intensifique a amamentação
Quanto mais o bebê mama, mais leite a mamãe produz. Algumas orientações da consultora:
– A mãe deve deixar o bebê recém-nascido mamar, no mínimo, 8 vezes dentro de 24 horas.
– Alguns bebês mamam de 3 em 3 horas, outros de 2 em 2 horas, isso vai depender de cada bebê.
– O importante é dar de mamar várias vezes ao dia e não limitar o tempo das mamadas, deixando que o bebê mame em um seio de cada vez até esvaziar bem a mama, para que ele receba o leite do final da mamada que é rico em gordura e faz o bebê ganhar peso.
– Amamentar a noite faz com que a mama produzida mais leite, já que durante a noite a nutriz tem um aumento da produção de prolactina, o hormônio produzido no cérebro que tem a função de ativar a produção de leite materno nas glândulas mamárias.
– Ainda é importante verificar se a pega está correta.

Evite o estresse e o cansaço
Durante a amamentação, a mãe deve escolher um lugar tranquilo e fazer algo que a deixe calma, como olhar televisão ou escutar música. A nutriz deve descansar sempre que possível e aproveitar para dormir quando o bebê dorme é uma boa dica. Quando a mãe descansa e dorme, o estresse diminui e a prolactina é produzida em maior quantidade. O apoio do pai ou de pessoas amigas nas tarefas da casa também é muito importante para deixar a mamãe segura e calma para amamentar.

Beba líquidos e cuide da alimentação
Alimentar-se bem e ingerir muitos líquidos (água, chá ou suco natural) também são dicas importantes. Uma alimentação saudável e em horários regulares assim como a ingestão de 3 litros de líquidos por dia faz com que a mãe produza bastante leite (em média, o organismo destina 2 litros para a mãe e 1 litro para a produção do leite materno).

Outras dicas
Você ainda pode fazer massagens com movimentos circulares em todo o seio antes de amamentar e utilizar compressas quentes, pois estas duas medidas fazem com que aumente a circulação sanguínea nas mamas, aumentando a produção de leite.

Fique atenta ao peso do seu bebê
A dica final de Rosane é perceber se seu bebê está ganhando peso. Se ele não estiver, segundo ela, pode ser realmente baixa produção de leite ou pode ser que o bebê não esteja conseguindo ordenhar o leite posterior, do final da mamada, o qual é rico em gordura. “No caso de baixa produção de leite, a nutriz deve seguir as dicas acima, e no segundo caso a nutriz deve deixar o bebê sugar por bastante tempo no primeiro seio, até esvaziar bem a mama, para depois oferecer o outro seio”, orienta.

Dica de leitura
Meninas, aproveito para deixar a dica de dois e-books sobre amamentação que podem te ajudar a entender mais sobre o assunto e se preparar para o aleitamento materno. Eles foram elaborados por especialistas em amamentação que seguem as orientações de sociedades médicas e órgãos de saúde nacionais e internacionais:
– E-book: “Amamentação para Iniciantes”, da Cláudia Souza
– E-book “As 100 maiores dúvidas sobre amamentação”, da Renata Vargas, que inclusive já participou do nosso blog no post“Amamentação sem mistério: especialista esclarece as principais dúvidas”.

Espero que este post ajude você e te convido a também ler este outro texto: “11 benefícios comprovados do leite materno para mamãe e bebê”

Beijos, da Mamãe Prática Mari

Foto: Lidi Lopez Fotografia

Clube Mamãe PráticaCadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

4 comentários em “Como estimular a produção do leite materno”

  1. Fiz tudo isso mas mesmo assim produzo pouco leite ainda tenho que tomar equilid pra produzir um pouco mais e tenho Q complementar com fórmula. Sendo ainda Q só produzo leite em 1 seio no outro quase nada mesmo

    1. Olá Juliana.

      No seu caso, seria interessante uma avaliação com uma consultora em amamentação e, se necessário, também com um médico, a fim de uma investigação mais profunda. Não sei em que cidade você está. A Rosane, a nossa entrevistada neste post, fica em Porto Alegre. Já fizemos um post com outras referências – texto “Instituições parceiras da amamentação (onde procurar ajuda)”

      Espero ter ajudado.

      Beijos, da Mamãe Prática Mari

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.