Bebê recém nascido dormindo

Como lavar as roupas do bebê

Parece algo simples, mas quando a gente pensa em um recém-nascido ou bebê é muito importante ter cuidado com a lavagem das roupinhas, principalmente se nunca foram usadas. Isso porque roupas, toalhas, lençóis, mantas e outros itens do enxoval podem conter substâncias tóxicas que irritam a pele dos bebezinhos (e mesmo dos maiores), desencadeando processos alérgicos.

Antes do Serginho nascer, lavei com antecedência todas as peças que ganhei e comprei (roupas, meias, luvas, lençóis, toalhas, até bichinhos de pelúcia… tudo de tecido). Eu optei por usar um sabão líquido neutro feito especialmente para a lavagem de roupinhas de bebê (escolhi o Olla Bebê e diluía o produto com um pouco de água), mas sei que existem várias opções no mercado e muita gente também utiliza sabão de coco ou neutro (em barra ou líquido).

Como boa parte das nossas leitoras são gestantes, mães de recém-nascidos e bebês, decidi reunir nesse post algumas informações sobre o assunto com base na minha experiência e no que pesquisei. As dicas também valem para quem tem criança pequena!

  • Use sabão neutro (como os já citamos acima) para lavar as roupinhas e os itens do enxoval do bebê.
  • A primeira lavagem da roupa nova deve ser mais rigorosa. Enxague várias vezes para remover, ao máximo, os produtos químicos presentes no tecido.
  • Use um balde ou bacia novos para lavar os itens do bebê separadamente das roupas do restante da família.
  • Depois de lavar as roupinhas, coloque-as para secar no varal ou centrifugue na máquina. Seque bem as roupas para evitar umidade entre as tramas. Isso é importante porque a umidade favorece o surgimento de fungos e ácaros.
  • Se for usar a máquina de lavar roupa, coloque os itens do bebê em saquinhos próprios para lavar roupas delicadas, assim você não corre o risco de danificá-los.
  • Depois de secas, passe as roupas com ferro em temperatura média para alta, de preferência do lado do avesso.
  • É importante não usar sabão em pó comum, amaciantes, removedor de manchar ou outros produtos não indicados para lavagem de roupas de bebês.
  • Se seu baby ainda não nasceu, você pode guardar tudo limpinho no guarda-roupa dentro de sacos plásticos para não juntar pó.
  • Aproveite para tirar todas as etiquetas das roupinhas novas para evitar incômodos e não irritar a pele do bebê.

Informação nunca é demais!
Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, várias substâncias tóxicas podem estar presentes nas roupas, por exemplo, corantes azoicos nos fios do tecido, metais pesados como chumbo, cádmio e mercúrio, formaldeído e pesticidas nas fibras do algodão (caramba, eu não imaginava que tinham tantas substâncias tóxicas nos tecidos!).

Então, para ficarmos alertas, é importante saber que as reações alérgicas aos tecidos mais comuns são irritação da pele, vermelhidão e coceira no corpo, principalmente nas dobrinhas do bebê e áreas de maior transpiração e atrito.

Meninas, eu segui essas orientações “mais à risca” até o Serginho estar com 1 ano e meio, quase dois anos. Felizmente, ele nunca teve qualquer reação alérgica na pele. E vocês como faziam ou fazem para lavar as roupinhas dos seus filhotes? Alguma dica diferente para dividir aqui com outras mamães?

Beijos, da Mamãe Prática Fabi

Foto: Sueli Zischler Photography

clubeCadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

Um comentário em “Como lavar as roupas do bebê”

  1. Eu lavei tudo na mão com Ariel. Depois tacava tudo na maquina na lavagem rápida e continuo com Ariel e ainda coloco dounie. Ela está com 3 meses e agora nem lavo mais roupa nova. Cuido muito bem da minha filha. . Dou banho desde o primeiro dia e acho bobeira isso tudo.. É bom que cria anti corpos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.