Alergia ao leite

Alergia ao leite x intolerância à lactose: tudo o que os pais devem saber

Olá meninas, o tema deste artigo é super importante: afinal, diante da suspeita, como saber se a gente ou os nossos filhos têm alergia ao leite ou intolerância à lactose? Os sintomas são os mesmos nas crianças? E como tratar? A nossa colunista, a pediatra Jaqueline Toscano, esclarece tudinho pra gente! Com a palavra, a Dra. Jaqueline:

Hoje falaremos de um assunto que causa muitas dúvidas entre as mamães e que está sendo amplamente divulgado atualmente. Discutiremos a diferença entre alergia ao leite e intolerância à lactose.

Entenda a alergia ao leite

Na alergia ao leite, há uma alergia à proteína do leite. É uma alergia mais comum em crianças e que, geralmente, costuma ter resolução espontânea. O leite possui frações (proteínas como caseína, alfa lactoalbumina e blactoglobulina) e a criança pode ser alérgica a apenas algumas ou a todas. Aquelas crianças que possuem alergia à fração caseína tendem a apresentar uma cura da alergia em idade mais avançada. A alergia ao leite pode ser desencadeada nos primeiros meses de vida, mesmo o bebê estando em seio materno exclusivo, ou surgir em idade mais avançada, quando se introduz a fórmula infantil, por exemplo.

Os sintomas podem abranger desde reações mais leves até anafilaxia (reação alérgica mais grave que pode levar à morte). Geralmente, a alergia ao leite manifesta-se com alterações na pele (urticária) e, em casos mais graves, pode se associar a alterações respiratórias e gastrintestinais, por exemplo. Além disso, bebês muito pequenos podem apresentar apenas sangue nas fezes.

O tratamento da alergia ao leite consiste na substituição da fórmula comum para uma fórmula extensamente hidrolisada ou para o leite de soja (este apenas em lactentes acima de 6 meses). Para crianças maiores, deve haver também a restrição de derivados do leite. Se o bebê estiver mamando no peito, a mãe deve fazer restrição de leite e derivados.

Entenda a intolerância à lactose

Na intolerância à lactose, os sintomas são devidos ao açúcar do leite. Essa intolerância abrange tanto crianças quanto adultos e os sintomas são predominantemente gastrintestinais, como distensão e dor abdominal, diarreia e vômitos. Isto ocorre porque há uma deficiência na enzima que quebra a lactose em glicose e, à lactose não degradada, resulta nos sintomas acima.

Dependendo do grau de deficiência, há uma tolerância a alguns alimentos. Algumas pessoas não toleram apenas o leite puro e seus derivados enquanto outras não conseguem sequer comer um bolo.
O tratamento consiste na exclusão da lactose da dieta. Mas tem que ser uma exclusão total? Isto depende… A própria pessoa perceberá quais alimentos com lactose pode ingerir assim como a quantidade que tolera comer sem que tenha sintomas.

Dra. Jaqueline Toscano:
Dra. Jaqueline Toscano:

A pediatra Jaqueline Toscano, autora do perfil @alergiacomdrajaque no Instagram, conta que sempre foi apaixonada por crianças e com 12 anos já decidiu o que eu queria ser quando crescer: pediatra! Também especializada em Alergia e Imunologia, ela diz que é muito gratificante ajudar as crianças com imunodeficiência e acredita que os pais têm papel fundamental na melhoria da vida de seus filhos alérgicos. Por isso, aqui no blog, ela vai ajudar nós, mães e pais, a cuidarmos melhor de nossos filhos, sejam eles alérgicos ou não.

Meninas, perguntei à médica se a criança tomar leite de soja pode levar à puberdade precoce, já que se tem visto este tipo de informação circular nas redes sociais. De acordo com a Dra. Jaqueline, em alguns casos, o leite de soja pode sim levar à puberdade precoce, mas isto não é tão comum, sendo o leite de soja liberado para maiores de 6 meses. “O aparecimento de sinais de puberdade precoce deve ser observado nas consultas pediátricas ou, até mesmo, pelos próprios pais. Se isto acontecer, outras causas também devem ser investigadas. Assim que a alergia se resolver, o leite de soja deve ser substituído pelo leite de vaca”, explica.

Espero que vocês tenham gostado destas dicas e que elas ajudem vocês! Você ou seu filho possui alergia ao leite ou intolerância à lactose? Conte pra mim aqui nos comentários.

Ah, temos várias receitas deliciosas no blog que podem te ajudar! Hummm, vem ver:
Bolo de chocolate sem leite
 Pudim de claras
 Curau de milho sem lactose

Beijos, da Mamãe Prática Mari.

Foto: Freeimages.com/Alecsandro Andrade de Melo

 

logo_clubeCadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades

7 comentários em “Alergia ao leite x intolerância à lactose: tudo o que os pais devem saber”

  1. Oi Dr. Na verdade ainda não sei se meu filho tem alergia ou intolerância à lactose. Pois quando ele tinha 3 meses quando ele tomava leite ele vomitava, aí eu parei de dar o leite e fiquei só no peito, quando ele completou os 6 messes q fui começar a introduzir o leite novamente ele não quer tomar de jeito nenhum e o pouco q ele toma 10 ml no máximo ele fica com umas machinhas vermelhas na pele e depois some. Me ajuda Dr. Não sei o q fazer.

    1. Oi Amanda! Enviamos a sua dúvida para a Dra. Jaqueline que respondeu o seguinte:
      “Olá, Amanda
      Quando as crianças são muito pequenininhas, a alergia ao leite pode se manifestar com sintomas gastrointestinais, porém o mais comum é a reação na pele, como vc descreveu que ela apresentou aos 6 meses.
      Vc deve procurar um alergista para fazer a dosagem de Ige para o leite e suas frações (exame de sangue). Sendo positivo, confirmamos a alergia e sendo negativo não podemos excluir, já que ela apresenta as manchinhas na pele. Uma alternativa é o uso do leite de soja ou de fórmula infantil totalmente hidrolisada”

  2. Ola, minha filha tem 10 meses e foi diagnosticada aos 7 com alergia a leite de vaca, após alguns exames.
    Como ainda amamente entrei tbm nessa dieta rigorosa, visto q a alergia dela era bem alta.
    Minha mais dificuldade é encontrar produtos industrializados sem leite de vaca como exp. O chocolate se leite q esta sitado na receita do bolo de chocolate q esta no proprio blog.
    Fico nas opçoes de frutas…. mas preciso introduzir nela outras opçoes.
    Ajude do que comprar e pri.cipalmente onde acha seria de grande ajuda para mim.
    Bjs a adorei esse blog

    1. Olá, karina!
      No meu instagram alergiacomdrajaque tem uma lista com vários produtos que não possuem leite. Estão divididos de acordo com o tipo de produto e em cada um deles, as marcas isentas de leite.
      Quanto aos locais de compra, alguns vendem em supermercados. Sugiro que, para maiores informações, vc entre em algum grupo de mamães que tenham filhos com alergia ao leite. A troca de experiências e produtos (quais e onde comprar) são ótimas!
      Beijos

  3. Olá, Karina!
    Quanto a dúvida de quais produtos que não contenham leite oferecer a sua bebê, eu tenho um instagram chamado alergiacomdrajaque. Lá vc poderá encontrar publicações com uma lista de um bom número de produtos liberados para quem tem alergia ao leite de vaca.
    Em relação onde encontrá-los, sugiro que entre em algum grupo de mamães que têm filho com alergia ao leite. Nele há trocas de experiências, inclusive com produtos e locais onde comprar. Dentre a minha lista, vc encontrará alguns em supermercados mesmo.
    Beijos

  4. Olá
    Minha bebê tem 5 meses e desde o segundo mês notei pontinhos de sangue e catarro nas fezes dela. A pediatra disse que é intolerância à lactose. Como ela só mama no peito tirei leite e derivados da minha dieta. Substituí o leite pelo zero lactose. Porém pelo que li aqui , o sangue é sinal de alergia. Estou confusa agora.

  5. Olá, Valkiria
    Geralmente a presença de sangue nas fezes é sinal de alergia ao leite de vaca. A intolerância à lactose causa mais diarreia, distensão abdominal e vômitos. O ideal é que procure um alergista e que vc suspenda qualquer tipo de leite e derivados de sua dieta por, pelo menos, 6 semanas para observar se o sangramento nas fezes cessa. É importante também que outros diagnósticos diferenciais sejam pesquisados, caso continue o sangramento mesmo com a suspensão do leite e derivados.
    Beijos

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.